Roman Abramovich teve sintomas de envenamento após visita à Ucrânia no começo do mês

mundo
28.03.2022, 14:24:07
(AFP)

Roman Abramovich teve sintomas de envenamento após visita à Ucrânia no começo do mês

Segundo jornal, o quadro do dono do Chelsea não é grave e ele não corre risco

O magnata russo Roman Abramovich e dois enviados ucranianos que participaram de negociações com Moscou desenvolveram sintomas de possível envenenamento após uma reunião em Kiev no mês passado, afirmou nesta segunda-feira o The Wall Street Journal.

Abramovich apresentou um quadro de irritação nos olhos e descamação da pele das mãos do rosto, segundo o jornal nova-iorquino, que atribui o possível ataque a “elementos radicais em Moscou” que tentaram boicotar negociações com a Ucrânia.

Segundo o Journal, o quadro do dono do Chelsea não é grave e ele não corre risco. Abramovich estava viajando entre Lviv, Moscou e outras capitais em seus esforços de mediação entre os governos russo e ucraniano. Fontes disseram ser difícil determinar se o possível envenenamento foi causado por um agente químico ou biológico, ou se tratava de radiação eletromagnética.

Após a invasão da Ucrânia, Abramovich foi alvo de sanções no Reino Unido e anunciou a venda do Chelsea, tradicional clube londrino comprado por ele em 2003. O magnata tinha uma relação próxima com o líder russo, Vladimir Putin, que, em discurso recente, criticou russos que “vivem um modo de vida ocidental”, em aparente referência a oligarcas radicados em Londres.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas