Rose West: serial killer fura fila da vacina na Inglaterra e causa revolta

em alta
15.02.2021, 11:47:01
Atualizado: 15.02.2021, 11:53:31
Rose cometia crimes ao lado do marido (Foto: Reprodução)

Rose West: serial killer fura fila da vacina na Inglaterra e causa revolta

Ela foi condenada à prisão perpétua por matar 10 pessoas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A serial killer britânica Rose West, de 67 anos, condenada a prisão perpétua por matar 10 pessoas, foi vacinada contra a Covid-19 de forma antecipada, fora da sua faixa etária. Ela está foi condenada em 1995.

Rose cometia os crimes junto ao seu marido, Fred West, que se matou antes de ir a julgamento. A maioria dos assassinatos ocorreu no porão da casa deles, e muitos corpos foram enterrados dentro ou perto da residência, em Gloucester (Inglaterra). O local ficou conhecido como a Casa do Horror.

Segundo o jornal The Sun, Rose é obesa, tem problemas de visão e luta para subir escadas. Por conta de sua condição, ela tornou-se elegível para receber a vacinação antecipada. Ela tomou o imunizante antes dos funcionários da penitenciária, por exemplo.

No Twitter, internautas mostraram-se indignados com a vacinação antecipada. "Absolutamente ridículo", escreveu Andy Pugh na rede social.

"Gary Glitter, Rose West... Quem mais vai tomar a vacina antes dos funcionários da prisão?", ironizou Casper Gorniok. "Típico do sistema da 'judicial' britânico, que põe criminosos na frente dos cidadãos de bem", postou Dr Mofozi.

Em editorial, o "Sun" afirmou que Rose é "a última pessoa que merece ser vacinada"

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas