'Roubado', dispara Charles do Bronx após perder cinturão por peso

esportes
11.05.2022, 16:24:00
Charles do Bronx perdeu o cinturão na balança (UFC/Divulgação)

'Roubado', dispara Charles do Bronx após perder cinturão por peso

Lutador desabafou sobre pesagem antes do UFC 274: "Poderia ter arrancado um braço que não ia bater"

Charles 'do Bronx' Oliveira foi o verdadeiro protagonista do UFC 274, disputado no último sábado (7). O lutador perdeu o cinturão dos pesos-leves na véspera da luta contra Justin Gaethje, por não bater o peso por cerca de 200g. Ainda assim, foi para o octógono, mostrou força emocional e venceu o rival, por finalização.

Nesta quarta-feira (11), o brasileiro não escondeu a frustração com a forma como a pesagem foi conduzida. Charles disparou contra a comissão atlética do Arizona, que é o estado natal de Gaethje - e o local onde o combate foi disputado.

"Eu fui roubado, essa é a verdade. A comissão atlética agiu errado comigo. Eu bati meu peso na quinta-feira (véspera da pesagem), então é muita coisa na cabeça. O mais triste foi ver minha família chorar. Meu pai chorar. Minha filha chorar. Meus amigos mais próximos também, porque sabem o quanto foi doloroso para me tornar campeão", desabafou Do Bronx, em entrevista ao podcast Mundo da Luta, do Combate.

O lutador afirmou que atingiu a meta de 70,3kg na noite de quinta-feira (5). Mas se surpreendeu ao voltar na manhã seguinte e, em nova pesagem, estar 1kg acima, mesmo sem beber ou comer nada durante a madrugada. Charles disse que fez o possível para perder o excesso, mas acredita que nada seria o suficiente.

"Não pensamos em cortar cabelo e nem nada. Acho que não tinha mais o que fazer. Eu poderia ter arrancado um braço que ainda não ia bater o peso. A comissão não queria que eu batesse. Não gosto muito de ficar falando, porque se eu falar o que tenho vontade de falar, nem sei o que dá. Mas eu poderia bater 66kg que na balança não chegaria nos 70kg", afirmou.

"Para todo mundo, foi avisado que a balança estava errada e para mim, que era o campeão e a estrela da noite, não fui avisado pela comissão. A gente não foi avisado em momento nenhum do problema com a balança. Então toda essa loucura de voltar para o quarto faltando 1kg aos 45min do segundo tempo. Fiz sauna, bati manopla e fiz tudo que um campeão que está para bater o peso faz. Chegamos lá e faltava 200g ainda. Tirei cueca, botei cueca e pesava o mesmo", completou o lutador.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas