DIAMOND LEAGUE

Alison dos Santos conquista o ouro nos 400m com barreiras com melhor marca do ano em Doha

Brasileiro voltou em alto nível após ter ficado em 5º no Mundial de 2023

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 10 de maio de 2024 às 18:13

Alisson dos Santos avançou à final dos 400m com barreira no Mundial de Atletismo
Piu fechou a prova com impressionantes 46s86 Crédito: Wagner Carmo/CBAt

Alison dos Santos, o Piu, prometeu voltar à disputa em alto nível dos 400m com barreiras após ficar somente em quinto no Mundial de 2023, em Budapeste, na Hungria, antes dos Jogos de Paris-2024, e cumpriu. Nesta sexta-feira, o principal representante do atletismo verde e amarelo conquistou a etapa de Doha da Diamond League com a melhor marca da prova e do ano.

Piu fez uma apresentação de gala desde a largada na capital do Catar. Abrindo logo, vantagem, não foi incomodado e fechou a prova com impressionantes 46s86. Fez mais de um segundo acima da melhor marca de 2024: 47s95 era a melhor marca do ano, enquanto o meeting tinha como melhor tempo um 47s24 também do brasileiro.

A marca de Piu desta sexta-feira seria suficiente para ele levar o bicampeonato mundial após ganhar em Eugene, em 2022. Seu grande rival para a Olimpíada, o norueguês Kastern Warholm, ganhou o Mundial de 2023 com 46s89. Na ocasião, ainda se ressentindo de cirurgia para retirada parcial do menisco, Piu cruzou acima dos 48 segundos.

Foi a 4ª melhor marca da carreira de Piu, a mais alta desde agosto de 2022, quando enfileirava vitórias na conquista da temporada da Diamond League. Em segundo ficou o americano CJ Allen, com 48s39, seguido pelo francês Wilfried Happio, com 49s10.

A festa do brasileiro começou ainda ao cruzar a linha, com as tradicionais dancinhas. Alison dos Santos posou com a placa do recorde do meeting e não escondeu a felicidade por conseguir voltar a correr em alto nível.