Rui pede paciência e alfineta cidades baianas que já liberaram uso de máscaras

bahia
12.03.2022, 10:36:33
(Divulgação/Porto Seguro)

Rui pede paciência e alfineta cidades baianas que já liberaram uso de máscaras

Governador disse que 'não custa' esperar por mais 15 dias para ter certeza do cenário epidemiológico

Com a queda nos números da pandemia na Bahia e no Brasil, o próximo mês deve ser de flexibilização do uso de máscaras, mas o governador Rui Costa pede cautela para a tomada de decisões. Neste sábado (12), o governador criticou as cidades de Porto Seguro e Mata de São João que se anteciparam e já liberaram o uso do equipamento.

"Essas cidades, lá atrás, em dezembro, já tinham liberado também e é por isso que essas cidades lideram o número de casos de covid. Porto Seguro é o que tem o maior número de mortes e de contaminados do estado. Graças a deus os números continuam caindo e não é por mais 10 ou 15 dias que a gente vai mudar alguma coisa", analisou.

Ainda segundo Rui, é preciso ter cuidado com as pessoas. "Vamos ter cuidado e paciência. O que a gente busca quando fala de vida humana é segurança. o que custa esperar um pouco mais para demonstrar que os números estão caindo?", questionou.

Nessa sexta-feira (11), o governador anunciou que em abril o uso de máscaras em ambientes abertos pode ser dispensado, caso os números continuem em queda. Neste sábado, ele afirmou que o equipamento em ambientes fechados também pode ser flexibilizado. "Se os números continuarem caindo de forma consistente em mais 15 dias [após liberar em ambientes abertos], a gente pode avaliar liberar em ambientes fechados", disse.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas