Saiba quem são as vítimas do ataque em Las Vegas

mundo
02.10.2017, 21:58:00

Saiba quem são as vítimas do ataque em Las Vegas

Até agora, 59 pessoas morreram e mais de 500 ficaram feridas

Cinquenta e nove pessoas morrram quando um atirador no 32º andar de um hotel abriu fogo em um evento de música country em Las Vegas, nos EUA. Mais de 500 pessoas ficaram feridas. Agora, as vítimas fatais estão sendo identificadas. 

Veja abaixo as vítimas já conhecidas:

* Sonny Melton, 29 anos, EUA -  Sonny estava no festival com a esposa, Heather, que contou em uma entrevista de TV que foi salva por ele. Enfermeiro, Sonny ajudou a mulher a fugir. "Ele salvou minha vida. Ele me agarrou e começou a correr, quando eu senti que ele foi baleado pelas costas", disse ela ao WSMV. "Quero que todos saibam que ele era um homem generoso e amoroso, mas agora mal posso respirar". Os dois se casaram no último verão.

Sonny Melton

*  Quinton Robbins, 20 anos, EUA - O assistente recriacional de 20 anos foi para o festival com a namorada, Ally Plumblee, que foi localizada com vida. "Ele era um jovem maravilhoso com um grande coração que faria tudo por qualquer um", afirmou a tia, Doreen Hawk-Wells, em homenagem pelo Facebook. "Ele superou problemas de saúde e não deixou que interferissem em viver sua vida ao máximo". 

Quinton Robbins

* Jordan McIldoon, 23 anos, EUA - O rapaz estava prestes a começar a faculdade e trabalhava como aprendiz de mecânico. Ele estava no show com a namorada, Amber Bereza, que sobreviveu sem ferimentos. "Você sempre será um heroi, Jordan, obrigado por salvar minha irmã, você estará sempre em meu coração", escreveu Cole, irmão de Amber, no Facebook. Uma mulher chamada Heather Goozle também usou o Facebook para escrever que McIldoon morreu em seus braços. "Estou logo do lado de fora do festival, não temos permissão para ir a lugar algum. Estou com um jovem que morreu em meus braços! RIP Jordan McIldoon, de British Columbia. Não acredito que isso aconteceu".

Jordan 

* Sandy Casey, 35 anos, EUA - A professora de educação especial viajou da California para curtir o festival country no final de semana. Ela foi com um grupo de professores e outros funcionários - todos sobreviveram, menos Casey. A Manhattan Beach Middle School lamentou a morte. "Isso é incrivelmente triste e trágico",diz nota divulgada. O companheiro de Casey escreveu um texto agradecendo o apoio recebido. "O amor e apoio que ela e eu recebemos nessa época difícil mostra quão importante essa mulher maravilhosa era. Ela viveu a vida ao máximo e me fez o homem mais feliz do mundo. Estou muito grato pelas palavras gentis e gestos, significa tudo para mim, especialmente por ela", escreveu Christopher Willemse.

Sandy Casey

* Jessica Klymchuk, 28 anos, Canadá - A jovem tinha acabado de ficar noiva. Ela estava com o noivo, Brent Irla, no evento. Ela deixa quatro filhos em Alberta, no Canadá.  Klymchuk trabalhava como bibliotecária e motorista de ônibus em uma escola católica.

Jessica 

* Angela Gomez, EUA - Ela estava no show com o namorado. "Recebemos nessa manhã a notícia de que a aluna de 2015 Angie Gomez estava no tiroteio na noite passada", compartilhou no Facebook a Polytechnic High School. "Recebemos confirmação de que Angie sucumbiu aos ferimentos".

Angela Gomez

* Bailey Schweitzer, 20 anos, EUA - Natural da California, Schweitzer se formou no ensino médio em 2015. "Bailey foi a favorita de todos de um jeito ou de outro. Ela sempre esteve lá para todos que a conheceram, jovem ou velho. Eu já sentia sua falta", escreveu um amigo, Lyle CK Dyson. O CEO da Infinity Communications& Consulting, onde a jovem trabalhava, afirmou que ela era "sempre o raio de sol em nosso escritório em um dia nublado". 

Bailey

* Rachel Parker, 33 anos, EUA - Ela estava no show com alguns colegas de Manhattan Beach, na Colifornia. Ela trabalhava na recepção da polícia de sua cidade e morreu no hospital. "Ela era muito popular. Muitas pessoas a conheciam como a face do departamento quando você entrava", afirmou a porta-voz Kristie Colombo. "Ela é a primeira pessoa que você encontra, então afetava muito a vida das pessoas... e colocava um sorriso no rosto das pessoas". 

Rachel Parker

* Lisa Romero, 48 anos, EUA - Trabalhava na Miyamura High School, em New Mexico. "Ela amava os filhos e o marido. Isso que aconteceu é tão sem sentido. É um dia de partir o coração para todos nós", afirmou Ashley Romero ao Huffington Post. A escola descreveu Lisa como uma  funcionária de muitos anos, uma "amiga incrivelmente amorosa e sincera, mentora e defensora dos estudantes". Um primo, Robert Romero, usou o Facebook para fazer uma homenagem. "Você era uma mulher boa, que Deus a receba em seu reino sagrado". 

Lisa Romero


* Charleston Hartfield, 34 anos, EUA - Ele era um policial de Las Vegas, veterano militar e técnico de futebol americano para jovens. O Henderson Cowboys lamentou a morte do mentor. "Técnico Hartfield tocou muitas vidas dentro e fora de campo. Ele era um ótimo homem que perdemos cedo demais. Jogadores e ex-jogadores, o técnico iria querer que vocês seguissem o plano e fossem adiante. Use como motivação e inspiração, não para tristeza e lamentos". Um amigo, Troy Rhett, afirmou que "não conheço um homem melhor que Charles". O policial estava de folga quando foi morto.

Charleston

*Susan Smith, 53 anos, EUA - Ela era administradora na Vista Fundamental Elementary School, em Simi Valley, California, há 16 anos. "Nossos corações estão cheios de dor pela morte de Susan Smith. Ela era uma mulher maravilhosa, defensora das crianças, e uma amiga. Nossos pensamentos e orações estão com a família dela", diz uma mensagem da administração escolar de Simi Valley. "Ela sempre ajudava com seu jeito positivo. Era um prazer trabalhar com ela. A atitude dela fazia meu trabalho mais fácil", escreveu a colega Gayle Callaway.

Susan 

* Adrian Murfitt, 35 anos, EUA - Pescador profissional, ele viajou do Alaska para Las Vegas para celebrar uma pescaria bem sucedida, segundo a irmã Shannon Gothard disse à KTUU. Ele foi baleado no pescoço quando tirava fotos com o amigo Brian MacKinnon perto do palco, segundo o Alaska Dispatch News. "Infelizmente ele morreu nos meus braços", escreveu MacKinnon no Facebook. Ele era descrito como um amante da pescaria, dos seus cães e da música country.

Adrian

* Jennifer Parks, EUA - A professora infantil Jennifer Parks era mãe de duas crianças pequenas. Ela tinha acabado de começar o seu terceiro ano em Palmdale, escola na Califórnia, e foi descrita pela superintendente distrital, Regina Rossall, como uma "professora maravilhosa". "Ela era uma professora que amava vir para a escola, você podia ver no rosto dela. Foi um dia muito triste", disse Rossall ao San Francisco Chronicle. 

O marido de Parks, Bobby, também ficou ferido no ataque, mas sobreviveu depois de passar por cirurgia no braço e na mão. Os dois estavam em Las Vegas visitando dois irmãos de Park que moram na cidade. "Ela era realmente uma das pessoas mais amáveis que você podia conhecer", afirmou o tio do marido em entrevista. "Ela sempre saia do seu caminho para ajudar os outros". 

Jennifer


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas