'Saio pela porta da frente', diz Dado em despedida do Bahia 

e.c. bahia
17.08.2021, 13:49:00
Dado lembrou do título da Copa do Nordeste e da luta contra o rebaixamento no ano passado (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

'Saio pela porta da frente', diz Dado em despedida do Bahia 

Treinador foi desligado do cargo após derrotas na Série A

Demitido do comando técnico do Bahia na manhã desta terça-feira (17), o técnico Dado Cavalcanti usou as redes sociais para se despedir dos tricolores. Em texto, o treinador lembrou que assumiu o Esquadrão em momento turbulento no ano passado e conseguiu livrar o time do rebaixamento. 

Dado Cavalcanti falou ainda da conquista da Copa do Nordeste e diz que deixa a Cidade Tricolor pela porta da frente. Ele agradeceu ao clube pela oportunidade.  

"Assumi o clube num momento delicado, conseguimos o primeiro objetivo do time, que era manter a equipe na Série A do Campeonato Brasileiro em 2020, um ano muito complicado devido a pandemia e conseguimos ainda classificar a equipe para a Copa Sul-Americana, que foi muito importante para o clube. Depois, com o trabalho mantido para a temporada 2021, conseguimos o 4º título da Copa do Nordeste, o maior feito dos últimos 4 anos", disse ele.

"Saio com o time na 13º posição no Campeonato Brasileiro e quero agradecer aos dirigentes do Bahia pela oportunidade, e a todos que acreditaram no meu trabalho. Vivi cada minuto dentro do clube de forma intensa. Saio pela porta da frente e agradeço por ter feito parte desse GIGANTE Clube Brasileiro. Deixo também meu muito obrigado aos funcionários do clube, atletas, membros da comissão técnica, torcedores e a todos que de uma forma ou de outra contribuíram para o que trabalho fosse realizado. Desejo sucesso ao Esporte Clube Bahia e fico na torcida", completou.

Dado deixou o Bahia após uma sequência ruim no Campeonato Brasileiro. O Esquadrão não vence pela Série A há seis jogos. No período foram cinco derrotas e um empate. A última vez que ele comandou a equipe foi no revés por 2x1, de virada, para o Atlético-GO, no último domingo (15), em Pituaçu. 

Sem o treinador, o técnico portguês Bruno Lopes, que dirige o time de transição, vai assumir o trabalho de forma interina até que um novo comandante seja anunciado. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas