Salvador promove 'Dia D Municipal' de vacinação antirrábica neste sábado (5)

salvador
03.03.2022, 16:49:00
(Foto: Jefferson Peixoto/Secom)

Salvador promove 'Dia D Municipal' de vacinação antirrábica neste sábado (5)

Os tutores de animais de estimação poderão levar os pets para imunização em seis postos fixos; confira

Salvador é palco, neste sábado (5), do Dia D Municipal da vacinação antirrábica para cães e gatos. Os tutores de animais de estimação poderão levar os pets para imunização em seis postos fixos distribuídos em pontos estratégicos da capital baiana. Nesses locais, a ação promovida pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), ocorre entre 8h e 12h. Apenas o ponto instalado no Salvador Shopping funcionará em horário alternativo, das 9h às 13h.

A vacinação é a principal medida de prevenção da raiva, que é uma zoonose com 100% de letalidade. A doença pode ser transmitida através da mordedura, lambedura ou arranhadura dos animais infectados para os seres humanos.

“Essa ação visa intensificar a vacinação de cães e gatos para mantê-los protegidos contra a raiva. Temos casos de raiva silvestre circulando na cidade e por esse motivo é importante garantir a imunização dos animais de estimação, já que essa é uma zoonose imunoprevenível e letal”, explicou a diretora de Vigilância à Saúde (Visa), Andréa Salvador.

Além da imunização, os técnicos do CCZ realizarão mobilizações educativas para alertar a população sobre o risco da manipulação de animais silvestres, como o morcego. Veterinários do órgão também estão realizando ações de vigilância em toda cidade com a captura de morcegos com suspeita da zoonose.

Os exames laboratoriais realizados até o momento detectaram a presença do vírus da raiva em dois morcegos, entre outubro de 2021 e fevereiro de 2022. O fato indica que seres humanos e outros animais podem estar expostos ao risco de infecção, caso haja contato com os mesmos.

“A simples presença dos morcegos não representa risco à saúde, já que esses animais não costumam atacar as pessoas. No entanto, eles não podem ser manipulados diretamente porque a transmissão do vírus ocorre com a saliva do animal”, destacou a veterinária do CCZ, Danielle Dantas.

Ela ressalta ainda que os morcegos são animais silvestres protegidos por lei e importantes para o equilíbrio ecológico, por isso não podem ser eliminados ou presos sem a autorização de órgãos ambientais. “Sempre que encontrar um morcego em local e horário não habitual, apresentando dificuldade para voar ou morto, o cidadão deve entrar em contato imediatamente com o CCZ pelos telefones (71) 3611-7308 ou pelo Fala Salvador, no número 156. Os animais devem ser mantidos isolados até a chegada dos profissionais do órgão”, informou.

O último caso de raiva humana em Salvador foi registrado em 2004. As pessoas que tiverem contato com qualquer animal suspeito de raiva devem lavar imediatamente o local com água e sabão e procurar o serviço de saúde.

Pontos de vacinação do Dia D 

Praça do Sol e Praça do Paraguari (Periperi), Ponto Farol (Fazenda Grande do Retiro), Rotatória de Narandiba, fim de linha de Cosme de Farias e Salvador Shopping (9h às 13h).

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas