Sané passará por cirurgia só volta ao Manchester City em 2020

esportes
08.08.2019, 16:19:00
Atualizado: 08.08.2019, 16:19:47
Sané deixou o gramado ainda no primeiro tempo da decisão da Supercopa inglesa (Foto: Ian Kington/AFP)

Sané passará por cirurgia só volta ao Manchester City em 2020

Atacante alemão rompeu ligamentos do joelho

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Manchester City sofreu uma baixa de peso antes mesmo do começo do Campeonato Inglês. Nesta quinta-feira (8), o atual campeão nacional anunciou que o meia-atacante alemão Leroy Sane sofreu lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito e desfalcará o time por um longo período. 

No último domingo (4), na decisão da Supercopa da Inglaterra, em que o Manchester City superou o Liverpool, Sané deixou o campo lesionado e mancando, ainda no primeiro tempo do confronto no estádio de Wembley. Agora, então, precisará passar por cirurgia, que vai ser realizada na próxima semana. 

O Manchester City não apresentou uma previsão sobre o período de afastamento dos gramados de Sané, mas, em temporadas recentes, ficou desfalcado por meses de Ilkay Gundogan e Benjamin Mendy por problemas semelhantes, pois a cirurgia de reconstrução do ligamento cruzado anterior demanda longo período de recuperação, o que deve forçar o alemão a só voltar a atuar em 2020. 

Companheiro de clube, o volante brasileiro Fernandinho se manifestou desejando uma boa recuperação ao atacante alemão, que estava especulado para deixar o City e voltar para seu país, onde defenderia o Bayern de Munique.

Além de ter confirmado a gravidade da lesão de Sané, o Manchester City também anunciou a contratação do goleiro Scott Carson, que chega ao time cedido por empréstimo de uma temporada pelo Derby County. 

O goleiro, de 33 anos, deverá ter status de reserva para o brasileiro Ederson e o chileno Claudio Bravo. Com passagens por West Bromwich Albion e Liverpool, ele já disputou quatro partidas pela seleção da Inglaterra. 

"É algo que eu não esperava, mas uma oportunidade que eu simplesmente não podia recusar. Fazer parte deste time - o campeão da Inglaterra - é um sonho que se tornou realidade", afirmou. 

O Manchester City vai iniciar sua defesa do título inglês contra o West Ham no sábado, fora de casa.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas