Santos busca vaga na fase de grupos da Liberta contra San Lorenzo

esportes
06.04.2021, 15:00:00
Atualizado: 06.04.2021, 15:02:39
Marinho deve ser um dos titulares do Santos contra o San Lorenzo (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Santos busca vaga na fase de grupos da Liberta contra San Lorenzo

Times se enfrentam nesta terça-feira (6), às 21h30, na Argentina, pelo jogo de ida da terceira fase do torneio

Ariel Holan terá nesta terça-feira (6) à noite seu primeiro grande desafio no comando do Santos. Em "casa", o treinador argentino tentará surpreender o San Lorenzo com futebol ofensivo, às 21h30, no Nuevo Gasômetro, em Buenos Aires, para ficar muito próximo da tão sonhada vaga na fase de grupos da Libertadores.

A decisão da classificação ocorre daqui uma semana, no Mané Garrincha, em Brasília, e o Santos sabe que precisa de um bom resultado no jogo de ida para não voltar pressionado. Tentará repetir frente o San Lorenzo o futebol e a tática apresentados diante do Boca Juniors, na semifinal da edição passada, quando não se inibiu ao atuar fora e mereceu ganhar, apesar do 0x0. Na volta, vitória tranquila na Vila Belmiro.

Depois de mais de dois meses sem atuar, o astro Marinho está de volta após trabalhos específicos para se recuperar das dores musculares e aprimorar a parte física. É a grande esperança santista de bom desempenho em Buenos Aires.

Marinho e Soteldo formaram bela dupla na campanha do vice-campeonato da América. Ambos foram os principais responsáveis pelos resultados positivos. Nesta terça, porém, não devem jogar juntos. O venezuelano só retornou de seu país, após duelo com o Deportivo Lara, na quinta-feira, perdeu boa parte da preparação e deve ficar na reserva. Não formam parceria desde a decisão diante do Palmeiras.

A final da Libertadores marcou, curiosamente, a última apresentação de Marinho. Após o trabalho específico, ele estreia na temporada e sob o comando de Ariel Holan para mostrar que ainda pode dar alegria aos santistas.

Em entrevista ao site do Santos, antes do embarque à Argentina, Holan prometeu ousadia diante do San Lorenzo. O técnico conhece bem a postura dos times de seu país e sabe que pode explorar os espaços deixados com saídas em alta velocidade ao ataque.

"O Santos tem de ser ofensivo e sempre buscar o gol, independentemente do local onde vamos jogar. Trabalhamos bastante esta semana, e esperamos fazer um grande jogo em Buenos Aires e também na volta, no Brasil", afirmou. "Os jogadores estão entendendo o estilo de jogo que queremos, que é de muita posse de bola e buscar, através dessa posse, a verticalidade para chegarmos ao gol".

Novamente em boa fase na Argentina e empolgado após dois triunfos seguidos, o "prestigiado" técnico Diego Dabove aposta na sintonia dos irmãos Romero e no faro de gol de Di Santo para abrir vantagem, mesmo que mínima, diante do Santos.

Mantido no cargo, o treinador quer mostrar que a escolha foi acertada e investe tudo em seu trio ofensivo. Ángel, com passagem pelo Corinthians, e Óscar, prometem bastante velocidade e verticalidade nas jogadas para fazer a bola chegar com qualidade ao goleador do time.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas