Secretário de cultura de Luís Eduardo Magalhães é encontrado morto em carro

bahia
17.10.2020, 15:35:00
Atualizado: 17.10.2020, 15:36:31

Secretário de cultura de Luís Eduardo Magalhães é encontrado morto em carro

Crime está sendo investigado

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O secretário de Cultura e Turismo do município de Luís Eduardo Magalhães, Alexandre Vieira Ribeiro, foi encontrado morto na manhã deste sábado (17). 

Alexandre tinha 53 anos e foi encontrado dentro de uma caminhonete no bairro Boa Vista. De acordo com a Polícia Militar, policiais da 85ª Companhia Independente (Luís Eduardo Magalhães) estavam fazendo rondas na avenida principal do bairro quando localizaram o corpo da vítima dentro do carro por volta das 7h. Os PMs isolaram a área e acionaram a perícia do Departamento de Polícia Técnica (DPT). 

Alexandre tinha 53 anos (Foto: Reprodução/Instagram)

O secretário era casado e tinha dois filhos. Antes de ser o titular da pasta, Alexandre foi coordenador da Secretaria de Educação da cidade entre 2017 e 2020. 

Em nota, a prefeitura de Luís Eduardo Magalhães informou que decretou luto oficial de três dias. 

"Alexandre tinha 53 anos e deixa um legado de serviços prestados, ensinamentos altruísticos e solidários para a nossa comunidade e de muitos amigos e admiradores de sua criatividade e do seu amor pela arte e pelo seu trabalho, sendo um artista conhecido e premiado nacionalmente", diz a prefeitura, no comunicado. 

Até o momento, a autoria e a motivação do crime são desconhecidas. O caso será investigado pela Polícia Civil. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas