Segundo dia de shoppings abertos registra movimento tranquilo

coronavírus
25.07.2020, 20:11:00
Atualizado: 26.07.2020, 09:03:38
Apesar da expectativa, o segundo dia de abertura dos shoppings centers em Salvador (Divulgação)

Segundo dia de shoppings abertos registra movimento tranquilo

Nesse sábado, lojas de eletro-eletrônicos e telefonia receberam mais clientes

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Se as imagens nos noticiários mostraram alvoroço na reabertura dos shoppings centers na sexta-feira (24), neste sábado (25), a presença de consumidores foi mais tranquila. Movimento intenso foi percebido apenas nas lojas de eletrodomésticos e eletrônicos, especialmente as que vendem celulares e televisões. No restante, um movimento bastante cauteloso. 

No Shopping da Bahia, a gerente da Login Informática, Ana Matos, 32, comemorou a demanda reprimida do retorno das atividades. “Trabalhamos apenas com aparelhos celulares e o movimento de venda foi surpreendente para essa retomada”, disse. Para ela, a demanda foi marcada sobretudo pela presença de um consumidor que já sabia o que queria na hora de efetivar a compra. “Muitos já haviam pesquisado e vieram apenas para assegurar a garantia da compra presencial”, comemorou.

O vendedor da loja Artwalker, de calçados masculinos, Dejair Martins, 25, diz que apesar da empolgação do primeiro dia de abertura, o comportamento do consumidor não se manteve igual neste sábado e, nem mesmo a proximidade do Dia dos Pais serviu como atrativo para as compras. “O que se viu hoje foi muita gente circulando, mas pouca sacola. Teve gente que veio conversar, matar a falta de convívio, mas compras de verdade foram bem poucas”, disse.

A estudante Luana Sena, 22, foi ao shopping no segundo dia de reabertura para trocar uma compra e disse estar se sentindo segura com as medidas adotadas. “Não sei se voltarei a sair, mas não me senti receosa de ter vindo”, garantiu.

O auxiliar administrativo Vivaldino dos Santos,57, saiu para comprar um celular com a sobrinha, mas apesar de ter preferido a compra presencial, disse estar temeroso com os rumos da pandemia. “Minha compra foi tranquila, não precisei ficar em fila, mas acho que o pessoal está se despreocupando com uma situação que é grave”, pontuou.

Nos dois dias de funcionamento, apesar do movimento intenso, o Shopping da Bahia não registrou cliente com temperatura alta ou testagem positiva para a covid-19. A perspectiva da administração do centro comercial é manter cerca de 70% da capacidade em operação nessa primeira fase de reabertura. 

De acordo com o superintendente Wilton Oliveira, as compras no sistema de drive-thru e a compra on line continuarão em funcionamento, mesmo com o retorno das atividades presenciais. “Nossas equipes se prepararam muito para essa reabertura e estão entregando uma operação segura. Os lojistas estão comprometidos e os clientes também, então as nossas expectativas são as melhores”, completou. 

Nos dois dias de abertura, o Salvador Shopping e o Salvador Norte Shopping, do Grupo JCPM, mantiveram também um movimento tranquilo e nenhum dos clientes que tiveram a temperatura aferida registraram febre. Nos dois locais, o movimento foi dentro do esperado, cerca de 40% de uma sexta-feira normal.

”Estamos voltando após um período totalmente atípico, com características que nunca foram vivenciadas. Entendemos que esta é uma retomada gradual e isso é importante para a segurança de todos. No entanto, nossa expectativa é que o fluxo seja retomado com o passar do tempo”, sinaliza José Luiz Miranda, superintendente do Salvador Shopping.

Na entrada do Salvador Norte os clientes foram testados com controle de temperatura  (Foto: Divulgação)


Para garantir a segurança dos clientes, os centros comerciais investiram em tecnologia de controle sanitário, a exemplo do Check Saúde, uma ferramenta para monitoramento diário de todos os colaboradores; e o aplicativo Mais Fluxo, que apresenta, em tempo real, o quantitativo de pessoas dentro dos shoppings. Nos estacionamentos foram instalados sensores que liberam o cartão de estacionamento sem a necessidade de toque. Já as vagas foram sinalizadas respeitando o distanciamento e está sendo realizada a desinfecção total dos cartões de estacionamento.

A analista de sistema Bárbara Fidélis, 41, esteve com o filho no Salvador para comprar comida e medicação natural, mas disse estar apreensiva com a reabertura do comércio. “As pessoas ainda não se conscientizaram completamente da seriedade do momento que estamos vivendo, por isso acho cedo para pensar em reabertura total”, completou.  

O clima de tranquilidade também foi observado no Shopping Bela Vista. As atividades presenciais funcionarão em horário especial, de segunda a sábado, das 12h às 20h, assim como a ação de Drive Thru. O centro comercial importou um dispositivo da Alemanha que emite raios UVs nos corrimãos das escadas rolantes, promovendo uma desinfecção, sem vestígios dos convencionais produtos de limpeza. O dispositivo irradia luz ultravioleta com ação germicida e esterilizadora a uma curta distância do corrimão.

Segundo  o superintendente do empreendimento Vaneilton Almeida, o Bela Vista está pronto para receber os clientes com toda a segurança que o momento exige. “O Shopping Bela Vista se preparou para o momento e complementamos nosso protocolo com novas medidas de tecnologia e campanhas internas de conscientização. Esperamos uma retomada gradual das atividades no shopping, que irá se intensificar com a abertura das próximas fases", comenta. As atividades presenciais funcionarão em horário especial, de segunda a sábado, das 12h às 20h, assim como a ação de Drive Thru.

Entrando de carro no Salvador Shopping
Entrando de carro no Salvador Shopping (Foto: Divulgação)
Saco para descarte de máscaras no Salvador Shopping
Saco para descarte de máscaras no Salvador Shopping (Foto: Divulgação)
Aferição de temperatura
Aferição de temperatura (Foto: Divulgação)
Higienização de escadas
Higienização de escadas (Foto: Divulgação)
No Salvador Norte, demarcação para filas
No Salvador Norte, demarcação para filas (Foto: Divulgação)

Vale salientar que a determinação da prefeitura impõe restrições para a comercialização de alimentos e bebidas em todos os estabelecimentos comerciais, que só podem atuar com o serviço de delivery ou take away [retirada no local]. As áreas de convivência e recreação não estão funcionando e também não é permitida a utilização de provadores das lojas, assim como os sofás, bancos, poltronas e cadeiras dos espaços comuns. Quem tem mobilidade reduzida e é do grupo de risco tem prioridade no uso dos elevadores, que só permite o acesso de quatro pessoas por vez. Nos estacionamentos, o número de vagas está limitado a 50% da capacidade. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas