Seletiva para o Pré-Olímpico da maratona aquática é suspensa

esportes
04.03.2021, 20:30:00
Atualizado: 04.03.2021, 20:30:52
A Seletiva Brasileira de Maratonas Aquáticas foi suspensa (Foto: CBDA/Divulgação)

Seletiva para o Pré-Olímpico da maratona aquática é suspensa

Evento estava marcado inicialmente para acontecer em Salvador, foi transferido para São Paulo por causa da pandemia e, agora, adiado

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) cancelou a realização da seletiva que definiria os representantes do país no pré-olímpico, no Campeonato Sul-Americano e no Mundial Júnior de maratonas aquáticas. As provas de cinco e dez quilômetros estavam marcados para o fim de semana no Billings Country Club, em São Bernardo do Campo (SP).

A decisão foi tomada após o governo paulista colocar todas as regiões do estado na Fase Vermelha do Plano São Paulo, que autoriza o funcionamento somente de serviços essenciais, até o próximo dia 19, para conter o avanço do novo coronavírus (covid-19). Conforme a CBDA, uma nova data será marcada para formação das seleções do pré-olímpico e do Mundial Júnior.

No caso do Sul-Americano, devido à proximidade do evento e a falta de datas para uma nova seletiva, a equipe nacional será formada com base no resultado do Campeonato Brasileiro de Maratonas Aquáticas de 2020. O torneio continental será disputado entre os dias 24 e 27 deste mês em Mar del Plata (Argentina). Segundo a CBDA, a convocação sairá nos próximos dias.

A seletiva seria inicialmente na Praia de Santome de Paripe, em Salvador, mas foi transferida para São Bernardo do Campo na última segunda-feira (1), também por conta da pandemia. Para diminuir a curva de casos da covid-19 no estado, o governo da Bahia estabeleceu medidas de restrição que impediram a realização do evento em solo baiano.

Até o momento, o Brasil tem Ana Marcela Cunha garantida nas disputas da maratona aquática da Olimpíada de Tóquio (Japão). A baiana obteve a vaga com o quinto lugar na prova de dez quilômetros no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2019, realizado em Gwangju (Coreia do Sul).

A modalidade terá ao todo 50 atletas (25 homens e 25 mulheres) nos Jogos. Vinte das vagas (dez no masculino e dez no feminino) já estão preenchidas. As demais serão ocupadas via seletiva.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas