Sem nervosismo: veja técnicas para tirar o melhor proveito da entrevista de emprego

empregos
02.08.2021, 06:00:00
Algumas técnicas de oratória ajudam a causar uma boa impressão na hora de conquistar uma vaga de trabalho (Shutterstock/reprodução)

Sem nervosismo: veja técnicas para tirar o melhor proveito da entrevista de emprego

Veja dicas e orientações sobre como ter mais chances de conquistar uma vaga

Atire a primeira pedra quem nunca sofreu de ansiedade nas vésperas de uma apresentação ou aquele que travou numa entrevista de emprego e terminou com a frustração de reconhecer que poderia ter uma performance melhor. A pressão e o tempo curto são inimigos ferozes na hora de mostrar seu potencial, por isso mesmo, o Correio foi conversar com o fundador da rede de escolas especializada em comunicação e oratória da América Latina Vox2you e separou dicas importantes para usar nesses momentos. Confira. 

Luís Fernando Câmara lembra que você é seu melhor cartão de visitas e, por isso mesmo, aconselha a escuta ativa, a empatia e a atenção aos gestos involuntários (Foto: Divulgação) 


1.            O corpo fala e a paralinguagem é muito eloquente. Que estratégias podem ser desenvolvidas para obter os melhores resultados durante as entrevistas de emprego?

Facilitadores do entendimento e da transmissão de ideias, os gestos e expressões faciais são peças fundamentais quando o assunto é destaque durante um grande acontecimento. Representando a essência de quem comunica, a linguagem corporal nos afirma uma coisa: o corpo não fala, ele grita!
Confira uma lista do que evitar durante uma conversa/apresentação/negociação/entrevista:

- Mãos no bolso;

- Andar de um lado para o outro;

- Apertar a tampa da caneta;

- Ficar trocando o pé de apoio;

- Não ter uma posição ereta; 

- Não ter um bom contato visual;

- Mexer constantemente nos cabelos ou em objetos como colares e pulseiras.

2.            Olho no olho é bom ou não?

Depende. Caso o recrutador note um olhar perdido ou vago demais, as chances são de perda da ligação criada entre vocês, extinguindo toda a credibilidade e confiança que ele poderia depositar em você. Vale lembrar que o contato visual exagerado pode se tornar intimidador. Portanto, tome cuidado para não cruzar o limite entre o empático e o constrangedor. 

- Encare o contato visual como um termômetro. Tenha em mente que essa é a possibilidade que você terá para adaptar sua comunicação de acordo com as reações do ouvinte;

- Por meio do contato visual é possível a identificação de expressões negativas, como braços cruzados ou sobrancelhas cerradas. Tente identificar o que causa incômodo no recrutador e evite repetir o erro;

- Adquira o hábito de olhar para as pessoas durante qualquer conversa. Faça deste um exercício diário e certifique-se que tal ação é proveitosa para o seu desenvolvimento. 


3.            Onde as mãos deve estar?

As mãos podem articular durante toda a fala desde que não chamem mais atenção que a própria informação.

4.            No que consistem as técnicas de Rapport? Como usá-las no momento da entrevista de trabalho?

Conceituada como a técnica de criar uma ligação de empatia com outra pessoa, o Rapport constrói uma relação em que todas as opiniões são consideradas e respeitadas, de maneira a suspender todo e qualquer julgamento com relação ao outro. 

Responda às dúvidas e anseios que aparecerem, mantendo sempre um bom diálogo. Lembre-se de que até mesmo em situações de extrema tensão e nervosismo a relação humana se mantém, por isso, busque desenvolvê-la da melhor forma para ambas as partes envolvidas. 

O Rapport ganha ainda mais destaque com a técnica do espelhamento. Essa, por sua vez, consiste no espelhamento, ou seja, cópia física dos comportamentos de uma pessoa enquanto há um bate papo. Você pode, por exemplo, se espelhar em gestos, postura corporal, expressões faciais e linguagem verbal. Vamos a mais aplicação? Imagine que há uma pessoa conversando com você pausadamente, ou seja, de forma lenta, com interrupções. Em seu momento de fala tente ajustar sua fala da mesma maneira.

5.            Como tirar o melhor proveito da escuta ativa?

Ao ouvir, preste atenção em tudo que é dito e anote suas dúvidas e observações para falar ao final da explanação da outra pessoa. Uma dica que também pode ser útil, se essa reunião/entrevista for através de uma plataforma que dê para compartilhar tela, crie um documento e vá anotando todos os pontos que estão sendo discutidos durante a reunião, para todos visualizarem e compreenderem melhor a informação. 

6.            Que dicas podem ser dadas aos candidatos a uma vaga para ter os melhores resultados seja numa entrevista ou numa apresentação?

- Use o Efeito Proteus a seu favor 

Seja online ou presencialmente, seu cartão de visita continua o mesmo: você. Por isso, utilize as técnicas de oratória como aliadas. Arrume-se como se estivesse a caminho de uma entrevista presencial, escolhendo uma roupa que lhe promova a sensação de confiança e segurança.

- Verifique e teste as ferramentas (Dica para o online)

Verifique com antecipação qual será a plataforma utilizada na entrevista, testando todos os recursos utilizados por ela, como vídeo e áudio. Confirme o aplicativo, por exemplo, Skype e Zoom, e posicione-se em um local calmo, silencioso e organizado.

- Diminua seu nervosismo a partir da técnica de Ancoragem

Utilizada na PNL, a Ancoragem é uma técnica destinada para aliviar tensões e momentos de ansiedade. Muito útil para apresentações, reuniões e entrevistas, essa técnica é eficaz para todos os momentos em que existem dificuldades para se comunicar.

Existem variados tipos de âncoras, entre eles, o tipo cinestésico. Nessa modalidade, o processo acontece através de sensações corporais, por exemplo, forçar os dedos dos pés contra o chão.

Para realizar a ancoragem, o primeiro passo é a identificação do estado emocional desejado. Tranquilidade, bem-estar, paz, alegria e euforia são alguns dos principais estados buscados com a prática da técnica da Ancoragem. Seja qual for o objetivo, o importante é a concentração no que realmente se deseja. Escolha o sentimento e busque em sua memória um momento que contenha tal emoção. Sempre que fizer isso, busque agir como se realmente estivesse naquele momento, vendo, ouvindo ou sentindo.

A prática diária irá ativar sua âncora e também ajudará você a ficar mais tranquilo(a) em diferentes tipos de situações

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas