Sem retorno de Wilson, Vitória faz contato com mais três goleiros

e.c. vitória
23.02.2022, 10:45:00
Sem concorrência, Lucas Arcanjo é o destaque do Vitória embaixo das traves (PIETRO CARPI / ECVITÓRIA)

Sem retorno de Wilson, Vitória faz contato com mais três goleiros

Posição é uma das prioridades da diretoria rubro-negra para a Série C

A contratação de um goleiro é uma das prioridades do Vitória para a sequência da temporada. Inicialmente, as atenções da diretoria rubro-negra estavam todas voltadas para Wilson, que defendeu o clube entre 2013 e 2015. Como o jogador não aceitou a proposta, os dirigentes do Leão iniciaram conversa com outros três arqueiros e deve fechar com um deles em breve. A informação foi divulgada inicialmente no programa BN na Bola, da Rádio Salvador FM, e confirmada pelo CORREIO. 

Apesar de ter rescindido contrato com o Coritiba recentemente e estar livre para assinar com outro clube, Wilson atravessa problemas pessoais e não aceitou a oferta oferecida pelo Leão. "O Vitória chegou a acertar tudo. O problema não é o Vitória e sim um problema pessoal dele. Acho muito difícil ele vir nesse momento", admite o presidente do Vitória, Fábio Mota. 

Revelado na Toca do Leão, Lucas Arcanjo é o titular da camisa 1 do Vitória desde o ano passado e vem se destacando mais uma vez nesse início de temporada. Substituto imediato, Caíque será emprestado ao Rochester, dos Estados Unidos. Por enquanto, ele ainda está no clube.

"A gente está correndo atrás porque Caíque vai sair. Como ele vai sair, a gente precisa de um goleiro, é um fato. Quando David saiu a gente correu atrás de Tréllez. Caíque saiu e a gente precisa de um goleiro, então a gente está correndo atrás. Monitoramos três e estamos conversando. Estamos vendo com Dado, que é o treinador, e tem um peso nisso aí. Dado tem a preferência dele e estamos tentando contratar o da preferência do treinador", contou Fábio Mota. 

Outros dois goleiros revelados nas categorias do Vitória estão à disposição no elenco, mas têm pouca experiência. Cabral, 20 anos, disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior no começo deste ano e tem apenas um jogo como profissional na carreira, em maio do ano passado, quando foi titular contra o Fluminense de Feira, no Baiano. 

Yuri tem 21 anos e se profissionalizou em 2020, quando fez cinco jogos na Série B do Brasileiro, quatro deles como titular. No ano passado, ele teve outras cinco oportunidades. três delas pelo Baiano e duas na Copa do Nordeste. 

Com Lucas Arcanjo embaixo das traves, o Vitória volta a campo no sábado (26), às 16h, quando recebe o Atlético de Alagoinhas, no Barradão, em jogo válido pela 6ª rodada do Campeonato Baiano. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas