Serena Williams manifesta apoio a Meghan Markle: 'palavras ilustram dor e crueldade'

em alta
08.03.2021, 18:09:05
( AFP/Reprodução)

Serena Williams manifesta apoio a Meghan Markle: 'palavras ilustram dor e crueldade'

Tenista comenta entrevista da atriz e o príncipe Harry, onde o casal revelou que sofreu preconceito da família real britânica

Após a entrevista do casal Meghan Markle e Harry, onde o casal revelou que sofreu preconceito da família real britânica, incluindo a "preocupação" com a cor do filho dos dois, Archie, a tenista Serena Williams fez um post nas suas redes sociais onde demonstrou apoio à Markle, de quem é amiga desde 2014. Serena foi uma das convidadas do casamento real.

"Meghan Markle, minha amiga altruísta, vive sua vida - e lidera de forma exemplar - com empatia e compaixão. Ela me ensina todos os dias o que é ser verdadeiramente nobre. Suas palavras ilustram a dor e a crueldade que ela experimentou”, disse.

A tenista disse conhecer o preconceito de mídias e instituições por ser mulher e negra e falou sobre o impacto disso na saúde mental. 

“Sei, em primeira mão, do sexismo e do racismo que instituições e a mídia usam para vilanizar mulheres e pessoas racializadas, para nos minimizar, nos quebrar e nos demonizar. Devemos reconhecer nossa obrigação em condenar as fofocas maliciosas e infundadas e os tablóides. As consequências da opressão sistêmica e da vitimização na saúde mental são devastadoras, isoladoras e muitas vezes, letal”, disse.

Por fim, a tenista disse que espera que sua filha, Alexis, e a de Markle vivam em uma sociedade mais respeitosa. “Quero que a filha de Meghan, minha filha e sua filha vivam em uma sociedade que é guiada pelo respeito. Mantenha em sua mente que os frutos do Espírito são o amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas, não há lei", escreveu Serena.

A duquesa de Sussex, Meghan Markle, revelou durante entrevista para Oprah Winfrey, exibida neste domingo (7) nos Estados Unidos, que a família real britânica estava preocupada com 'quão escura' seria a pele de seu filho com o príncipe Harry.

Markle, que é afro-americana, disse que seu marido revelou as preocupações de sua família sobre o tom de pele de Archie, bem como a segurança a que ele teria direito, antes de seu nascimento em 6 de maio de 2019.

"Naqueles meses em que estava grávida [...] tivemos uma série de conversas sobre 'ele não teria segurança, ele não teria título' e também preocupações e conversas sobre o quão escura sua pele ficaria quando ele nascesse", revelou Meghan.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas