Série mostra luta pelo direitos das mulheres nos anos 70

entretenimento
19.09.2020, 07:00:00
Cate Blanchett protagoniza a série Mrs. America (Divulgação)

Série mostra luta pelo direitos das mulheres nos anos 70

Com dez indicações ao Emmy, Mrs. America estreia neste sábado (19) no Fox Premium

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Aproveitando a expectativa em torno do Emmy 2020, o canal Fox Premium lança no Brasil neste sábdo (19)  a série Mrs. América, que tem dez indicações à maior premiação da televisão americana. Entre elas, a de melhor minissérie e melhor atriz para Cate Blanchett, que estreia como protagonista de uma série de TV neste trabalho.

No aperitivo, o canal exibe dois episódios em sequência.  a partir das 22h15. Depois, a estreia acontece no dia 29, sempre com episódios duplos, às terças-feiras. Cate Blanchett encontrou o tom certo para viver Phyllis Schlaflyme, uma escritora conservadora com ambições políticas, que acabou se tornando a principal voz contra a Segunda Onda Feminista - que lutou para aprovar a Emenda de Igualdade de Direitos na constituição no país e garantir igualdade às mulheres em searas como o trabalho, o divórcio e a propriedade.

Ambientada nos anos 70 e baseada em fatos históricos, Mrs. América mostrar como Phyllis se tornar a porta-voz das donas de casa, que decidiram se organizar e lutar também para manter seus privilégios classe média branca. A série vai cruzar estas duas posições do feminismo e suas contradições.

Apesar do tom de defesa da “família e da propriedade” no ambiente externo, a personagem não escapa às próprias armadilhas do machismo - e ai está uma das qualidades da série: mostrar os conflitos de Phyllis, presa a um casamento com um marido autoritário, que passa por cima de suas vontades sem nenhum pudor.  

Outros destaques de Mrs. América, escrita por  Davhi Waller (Mad Man), é a trilha sonora incrível com sucessos dos anos 70 de Donna Summer, Rolling Stones, The Kinks e Linda Ronstadt, entre outros. E o figurino e caracterização de época impecáveis.  

Prêmio Emmy acontece neste domingo (20) 

Com o sucesso das plataformas de streaming, o Emmy deixou de ser há muito tempo apenas “o Oscar da TV”. A edição 2020 da premiação que destaca as principais séries e minisséries acontece neste domingo, a partir das 21h, com transmissão pelos canais TNT e pelo TNT Séries. O Emmy, que será apresentado por Jimmy Kimmel,  será totalmente virtual, mas vários famosos vão aparecer na telinha. A série líder de indicações é Watchmen, da HBO, com 26, mas a lista é longa e traz outros sucessos como Succession, The Marvelous Mrs. Maisel e The Mandalorian, The Crown, The Handmaid’s Tale e Killing Eve.  Neste domingo, às 21h, no Canal TNT.


frame
Maria Bethânia e Gal Costa no show em Copacabana em 2002 (Divulgação)

Doces Bárbaros no Youtube

A partir deste sábado (19), o documentário Outros (doces) Bárbaros estará disponível na íntegra no Canal da Biscoito Fino no Youtube, pela primeira vez em formato HD. O filme registrou o reencontro de Caetano Veloso, Gal Costa, Gilberto Gil e Maria Bethânia como Doces Bárbaros, em um show de 2002, na praia de Copacabana, 26 depois anos da turnê original. A direção é do cineasta  Andrucha Waddington. Lançado em 2004 no formato DVD, o repertório do memorável reencontro dos baianos inclui clássicos como Exotérico, O Seu Amor  e Chuckberry Fields Forever, de Gil,  e São João Xangô Menino, Os Mais Doces Bárbaros e Um Índio, de Caetano Veloso, além de uma canção que Gil compôs para o reencontro, chamada Outros Bárbaros. Cada artista cantou duas músicas dos discos que lançaram na época. O documentário registra ainda ensaios, bastidores da produção, entrevistas com os quatro e ainda trechos da coletiva de imprensa que precedeu os shows, no Rio de Janeiro.

felipe
Felipe Guedes e Ana Paula Albuquerque (Foto: Caroline Paternostro/divulgação)

Da Bahia para o Mundo  

A cantora Ana Paula Albuquerque e o músico Felipe Guedes se encontram neste domingo, às 18h, para uma apresentação online do espetáculo inédito Da Bahia pro Mundo. O show acontece no Youtube.com/anapaulaalbuquerquecantora, além das redes sociais da artista e reúne canções do repertório baiano, de músicos como Caetano Veloso, Capinan, Roberto Mendes e também faz uma homenagem a Jorge Portugal.  “O show vai ser cantando as canções e compositores que a gente se identifica muito, e que tem a cara do Recôncavo”, antecipa Ana Paula. Ana Paula celebra também a parceria com Felipe Guedes. “Felipe é um músico extraordinário, reconhecido por seu talento. A gente já trabalhou muito juntos, e esse projeto é muito especial, é algo que a gente já idealizava" afirma Ana Paula sobre o músico que foi convidado de Caetano Veloso e Ivan Sacerdote para as apresentações que fizeram em fevereiro no Teatro Castro Alves.O acesso é gratuito, mas é possível colaborar através do https://www.sympla.com.br/da-bahia-pro-mundo-ana-paula-albuquerque-e-felipe-guedes__981071


Na telinha

Cinema - O filme Nada Será como Antes será exibido neste sábado pela Globo, no Supercine. Criada por Guel Arraes e Jorge Furtado, e  com direção artística de José Luiz Villamarim, a produção estreou em 2016 como série e  mostra os bastidores da chegada da televisão no Brasil, nos anos 50.

Música - O  especial Um Abraço em Beirute reunirá artistas como  Frejat, Daniel, Fagner, Lenine, Melim, Claudia Leitte, Roupa Nova, Gilberto Gil e Zeca Baleiro e vai  arrecadar doações para as vítimas da explosão na capital libanesa, no dia 04 de agosto. Neste domingo, a partir das 15h, na TV Cultura.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas