Severino Cavalcanti, ex-presidente da Câmara, morre aos 89 anos

brasil
15.07.2020, 09:49:31
Atualizado: 15.07.2020, 09:52:10
(Foto: Guga Matos/ JC Imagem)

Severino Cavalcanti, ex-presidente da Câmara, morre aos 89 anos

Ele lutava contra problemas cardíacos e diabetes

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Morreu nesta quarta-feira (15), aos 89 anos, o ex-presidente da Câmara dos Deputados Severino Cavalcanti (PP). 

Severino Cavalcanti faleceu na sua residência, em Recife, nesta madrugada. Ainda não foi divulgada a causa da morte. Ele lutava contra problemas cardíacos e de diabetes. 

Não haverá velório, devido à pandemia da covid-19. O sepultamento será nesta quarta (15) às 16h, no município de João Alfredo, no Agreste de Pernambuco, terra natal de Severino Cavalcanti. Um cortejo vai levar o corpo saindo da entrada do município, passando pela sede da prefeitura e pela Câmara Municipal até o cemitério de São José.  

A prefeita de João Alfredo, Maria Sebastiana (PSD), decretou luto oficial de três dias no município. 

Ele deixa a esposa, Dona Amelia, e três filhos, Zé Mauricio e Ana Cavalcanti, ex-deputados estaduais, e Catharina, quatro netos e dois bisnetos. 

História
Severino Cavalcanti ocupou o cargo de presidente da Câmara dos Deputados entre os meses de fevereiro e setembro de 2005, além de ter sido deputado federal por três mandatos e também eleito sete vezes deputado estadual. Iniciou a carreira política em 1963 como prefeito de João Alfredo, cidade natal de 1964 a 1966. Deixou o poder Executivo municipal para disputar as eleições para deputado estadual. 

Em 1967 concorreu ao cargo de deputado estadual e cumpriu sete mandatos na Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco, de 1967 a 1995.

Por três mandatos na Câmara dos Deputados, em Brasília, de 1995 a 2007, renunciando ao cargo em 2005, quando cumpria a última legislatura, Severino Cavalcanti passou parte do tempo compondo a Mesa Diretora. Ele foi presidente da Casa, 2º vice-presidente, 1º secretário e 2º secretário. Foi titular da CPI de Adoção e Tráfico de Crianças Brasileiras CPI de Bingos.

No Congresso Nacional, foi titular das comissões Mista de Contratos para Produção de Bens Imóveis, e Comissão Representativa do Congresso Nacional; suplente da Comissão Mista do SIMPLES.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas