Show de solidariedade encerra a segunda temporada do ‘Conversa Preta’

bahia
26.11.2021, 17:48:13

Show de solidariedade encerra a segunda temporada do ‘Conversa Preta’

Programa realizará um Drive Thru Solidário no dia 04 de dezembro

Último programa da segunda temporada do programa “Conversa Preta” vai ao ar no dia 04 de dezembro, logo após o Vai que Cola. A edição contará com uma reunião de nomes da música preta e soteropolitanos que desenvolvem trabalhos sociais em diferentes segmentos.

O dia 04 de dezembro abre o calendário das festas populares em Salvador com os festejos de Santa Bárbara e na TV Bahia a data vai marcar o encerramento da segunda temporada do ‘Conversa Preta’, que neste último episódio, além de muita musicalidade, trará um toque de solidariedade. 

Com exibição logo após o Vai que Cola, o programa contará com a participação de soteropolitanos que desenvolvem trabalhos sociais e atuam junto à comunidade preta para falarem de suas iniciativas, a exemplo de Yiá Nívia, do Instituto Oyá, e Dhay Borges, do Coletivo Resistência Preta. Além deles, a música seguirá dando o tom como foi durante esta temporada e os telespectadores vão conferir as apresentações de Juliana Ribeiro, A Dama, Serginho, do Adão Negro, Cronista do Morro, Lazzo e da banda Afrocidade. 

Solidariedade Natalina 
Trazendo o clima solidário que o período de final de ano inspira, o programa contará com a participação de um Papai Noel preto e realizará um Drive Thru Solidário, no dia 04 de dezembro, no estacionamento G0 do Shopping Bela Vista. No local, serão arrecadados brinquedos, alimentos não perecíveis, materiais de higiene e limpeza, que serão destinados às famílias assistidas pela Central Única das Favelas – CUFA. 

“Vamos encerrar nossa segunda temporada unindo arte, solidariedade e muita gente preta. Será um momento de celebrar a vida, nossa e dos nossos, sem deixar de ajudar a quem mais precisa”, afirma a Diretora do Conversa Preta, Mira Silva.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas