Sobe para 3 número de mortos em batida frontal no Sudoeste baiano

bahia
16.02.2018, 18:28:40
Atualizado: 16.02.2018, 18:54:24
(Foto: Reprodução)

Sobe para 3 número de mortos em batida frontal no Sudoeste baiano

Motorista e passageiro de micro-ônibus, além de condutor de caminhão, não resistiram

Subiu para três o número de vítimas fatais do acidente entre um caminhão e um micro-ônibus na manhã desta sexta-feira (16) na BR-116, nas proximidades do município de Manoel Vitorino, Sudoeste do estado.

Na tarde desta sexta morreram o motorista do micro-ônibus Gleidson Souza Silva, 20 anos, e Geraldo Souza de Jesus, passageiro do mesmo veículo. A outra vítima fatal é o motorista do caminhão Matheus Souza Chaves, 30, que morreu na hora da colisão. 

Gleidson e Geraldo faleceram no Hospital Geral Prado Valadares, em Jequié, para onde foram socorridas as 25 vítimas do acidente, ocorrido por volta das 6h30. Três delas tiveram alta à tarde.

O acidente provocou congestionamento de 15 quilômetros nos dois sentidos da rodovia.

O serviço social do hospital informou que uma adolescente de identidade não revelada está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e as demais vítimas estão em observação – algumas delas passaram por cirurgia.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o micro-ônibus levava 34 passageiros, todos oriundos do Rio de Janeiro. A PRF ainda tenta descobrir o destino do micro-ônibus, cujo motorista teria causado o acidente ao tentar fazer uma ultrapassagem em local proibido.

Luto no futsal
Motorista do caminhão, Matheus Souza Chaves também era jogador de futsal em Jequié, onde era conhecido como Matheus Boneca.

Jogador de futsal, Matheus dirigia caminhão que foi atingido por micro-ônibus (Foto: Reprodução)

Em nota sobre o acidente, a Liga de Futsal de Jequié declarou não ter “palavras para expressar os nossos sentimentos pela perda desse grande atleta que por tantas vezes reapresentou" o Futsal da cidade atuando por seleções locais.

“Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor. Que a luz e o amor divino pairem sobre a alma de quem sofre esta imensurável perda, e os console e lhes dê serenidade para atravessar esta tempestade”, completa a nota.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas