Super valorizadas: cinco ações em alta mesmo na crise

coronavírus
03.08.2020, 05:00:00
Atualizado: 07.08.2020, 22:53:39
Imagem: Shutterstock

Super valorizadas: cinco ações em alta mesmo na crise

Especialistas apontam segmentos que tiveram melhor performance na bolsa de valores, durante a pandemia mais o passo a passo para investir

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A crise está aí e colocou a economia em pânico. No entanto, a pandemia também trouxe oportunidades para aqueles que estão dispostos a investir na bolsa. Entre os setores que se destacam no mercado de ações até o final do mês de julho, especialistas em investimentos apontam segmentos como o de exportações, e-commerce de varejo, tecnologia e petróleo na lista dos que tiveram uma boa performance neste momento (veja abaixo). 

“Ganharam destaque os setores da economia que têm se mostrados mais resilientes, mesmo diante do cenário de queda das atividades causada pela pandemia, além dos setores que dependem menos do crescimento econômico brasileiro”, afirma a economista na Toro Investimentos, Paloma Brum. 

O diretor da Kinvo Investimentos, Moacy Veiga, chama atenção, sobretudo, para as lojas online, enquanto um dos segmentos que mais se beneficiaram, por mais que tivessem enfrentado o fechamento das unidades físicas.  

“Os setores de varejo com e-commerce bem desenvolvidos são o grande destaque, pois passaram a vender mais de forma online durante a pandemia e se adaptaram mais rápido que os outros setores. Das cinco ações que mais subiram no ano de 2020, três são do setor de varejo, entre elas a BW2 Digital, Via Varejo e Magazine Luiza. Elas cresceram porque conseguiram se adaptar e reinventar os seus negócios de forma rápida e precisa, aumentando os resultados”. 

Em momentos de maior adversidade econômica as empresas de maior porte, com melhor posição de caixa e maior market share (participação de mercado), tendem a performar melhor que suas concorrentes devido a maior escala e acesso à capital com menor custo, como acrescenta o diretor da BS2 Asset, do Banco BS2, Mauro Orefice. 

“Desse modo, o investidor deve preferir alocar em empresas líderes dos seus segmentos e que podem reforçar essa posição de liderança durante o período de fragilidade da economia”, pontua. 

Cautela 
O fato de ter chances de aumentar a rentabilidade da carteira de investimentos, não quer dizer, no entanto, que se arriscar no mercado de ações não exige cuidados. É o que alerta, o fundador do buscador de investimentos Yubb, Bernardo Pascowitch. 

“A pessoa que deseja investir em ações precisa estar ciente que, com a volatilidade que vivemos hoje, só se deve investir aquele dinheiro que eventualmente se pode perder, ou seja, que não é essencial para a sobrevivência”. 

É preciso ter cautela. “Existem diversos caminhos para quem deseja começar a investir, o mais importante é buscar informações, conhecer o mercado, só assim a pessoa saberá qual estratégia quer seguir. Agora, é muito importante não cair em promessas de rentabilidade, que sugerem apenas ganhos, e nunca perdas. Isso não existe, não faz parte da lógica do mercado e do funcionamento da bolsa de valores”, orienta. 

Outra recomendação está refletir sobre qualquer atitude que venha tomar com o seu dinheiro e sempre diversificar as aplicações, ou seja, não depositar todas as apostas num investimento só. “Escolha uma corretora que não cobre taxas. Ninguém quer gastar dinheiro em taxas ou custos desnecessários. Por isso, uma das principais orientações é escolher empresas que possibilitem a maior economia possível”, completa Pascowitch. 


CINCO PASSOS PARA INVESTIR EM AÇÕES

1º passo: é importante fazer um estudo sobre o mercado de ações e até mesmo entender o seu perfil para o risco, visto que investir em ações exige uma postura mais arrojada. Ou seja, um dia, o investidor pode ganhar um bom dinheiro e logo depois, perdê-lo. 

2º passo: defina objetivos de curto, médio e longo prazo para entender que tipo de papéis são mais adequados ao propósito do investimento. 

3º passo: escolha uma corretora de confiança e abra a sua conta. Fique atento a cobrança de taxas. Há opções que não costumam cobrar pela abertura. 

4º passo: pesquise. Ainda sobre os custos, verifique quanto é cobrado também por taxas de corretagem e custódia de ativos, por exemplo, custódia de ativos. 

5º passo: converse com um especialista para entender com um quanto podem ganhar ou perder com uma determinada oportunidade de investimento. Vale a pena acompanhar de perto as empresas e a carteira, pois o mercado é dinâmico. 


DICA DA SEMANA: SEGMENTOS COM MELHOR PERFORMANCE NA PANDEMIA

Exportadoras A economista na Toro Investimentos, Paloma Brum destaca que estas companhias que se beneficiaram das vendas para o exterior conseguiram ter resultados menos afetados pelas paralisações causadas pela pandemia, por serem menos dependentes do cenário nacional brasileiro. “Aqui o destaque fica para Weg, cujas ações (WEGE3) respondem pela maior alta percentual no Ibovespa, mais de 95% de valorização. As exportadoras também têm sido favorecidas pela valorização forte do dólar face ao real”, analisa. 

Varejo online Até o final do mês de julho, três empresas estavam entre as cinco maiores altas percentuais no Ibovespa: B2W Digital, Via Varejo e Magazine Luiza. “Como as lojas físicas foram fechadas, os negócios do setor de varejo online acabaram recebendo um fluxo grande de consumidores e vendedores que migraram para o e-commerce. Uma vez que todas essas companhias já tinham uma estrutura robusta para vender pelo canal digital, elas têm conseguido se beneficiar imensamente dessa nova tendência, o que acabou se refletindo no excelente desempenho na bolsa”, afirma a economista. 

Tecnologia Paloma Brum chama atenção, sobretudo, para as ações da Totvs (TOTS3), 9ª posição entre as maiores altas do Ibovespa), com quase 21% de alta neste ano. “A Totvs é líder no mercado de sistemas de gestão empresarial, o que contempla soluções que não deixam de ser utilizadas em períodos de crise. As suas vendas também são compostas na sua maioria por clientes de maior porte, o que contribui positivamente para o ticket médio mensal”. 

Petróleo Para quem quer investir a longo prazo, a compra de ações da PetroRio (PRIO3) é uma boa oportunidade, segundo a especialista. Isto porque, a Companhia apresentou um desempenho positivo, ao longo dos últimos 5 anos. Além disso, a companhia se beneficia da alta do dólar. “A aquisição de papéis também pode ser favorecida pelo aumento da demanda por petróleo e pelo possível aumento do preço do barril da commodity no segundo semestre do ano, puxados pela retomada das atividades nas grandes economias”, pontua. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas