Suspeito de participar da morte de terceirizado da Limpurb em Salvador é preso

salvador
06.07.2022, 11:54:00
(Divulgação)

Suspeito de participar da morte de terceirizado da Limpurb em Salvador é preso

Polícia apreendeu armamento com ele em casa na Estrada da Rainha

Um homem suspeito de participar da morte de Rafael dos Santos, funcionário de uma empresa terceirizada da Limpurb, foi preso na terça-feira (5) na Estrada da Rainha, na Caixa D'Água. 

O suspeito, que não teve nome divulgado, foi preso em flagrante com armamento durante buscas de policiais da 3ª Delegacia de Homicídios (DH), que investigam o crime. Foram apreendidas com ele uma pistola Glock 380, com 30 munições, uma pistola Taurus 9mm, com 37 munições, um revólver Taurus calibre 38 e uma espingarda calibre 12 de repetição.

Os policiais chegaram até a casa depois da prisão do sobrinho do acusado, encontrados pela 2ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Barbalho) com um comparsa, traficando drogas. Esses dois foram levados à Central de Flagrantes.

Já o suspeito pelo homicídio foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e continua tendo a possível participação na morte de Rafael apurada. Ele foi levado para a 3ª DH. As armas foram encaminhadas ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde passarão por perícia que deve ajudar a definir se alguma delas foi usada para matar Rafael. 

Crime
Baleado no dia 7 de junho na Estrada da Rainha, na região da Baixa de Quintas, Rafael dos Santos, de 52 anos, morreu nesta no dia seguinte no Hospital Geral do Estado (HGE). Ele foi baleado enquanto trabalhava - a vítima era motorista. Mesmo baleado, Rafael conseguiu dirigir até a Avenida J.J. Seabra, a Baixa dos Sapateiros, onde pediu socorro. Uma ambulância do Serviço de Atendimento vel de Urgência (Samu) o levou até o HGE. A polícia investiga se ele foi vítima de uma tentativa de assalto. 

Em nota, a Limpurb lamentou a morte de Rafael, que era funcionário de uma terceirizada que presta serviço à empresa. "A Limpurb se coloca à disposição para auxiliar no que for necessário e se solidariza com a dor de familiares, amigos e colegas que tiveram a oportunidade de conviver com Rafael, conhecido pelo alto comprometimento e profissionalismo no exercício diário das atividades. O órgão aguarda a investigação das autoridades policiais sobre o caso", diz o texto.

A coordenadora do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza da Bahia (Sindilimp-BA), Ana Angélica Rabello, afirmou que toda categoria "sente muito" pelo que aconteceu, afirmando que se trata de "uma perda enorme". “Nós do Sindilimp-BA pedimos que a investigação seja célere e que possamos descobrir o que aconteceu", diz ela.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas