Teatro baiano será celebrado em noite de gala

especiais patrocinados
09.05.2019, 06:00:00
O espetáculo Por que Hécuba concorre ao Prêmio Braskem de Teatro nas categorias Espetáculo, Atriz (Chica Carelli) e direção (Marcio Meirelles) (Dan Figliuolo)
Estúdio Correio -

Teatro baiano será celebrado em noite de gala

Prêmio Braskem de Teatro premiará as melhores produções de 2018

A premiação mais duradoura do teatro baiano se prepara para a sua 26ª edição. O Prêmio Braskem de Teatro, cuja cerimônia será realizada no dia 15, no Teatro Castro Alves, às 20h30, reúne as melhores produções e profissionais das artes cênicas que estiveram em cartaz, no ano passado, na Bahia. Ao todo, 15 espetáculos e 29 artistas disputam nas categorias: Espetáculo Adulto, Espetáculo Infantojuvenil, Direção, Ator, Atriz, Texto, Revelação e Categoria Especial.

Nesta edição, a categoria Espetáculo do Interior, presente em anos anteriores, retorna à premiação em uma parceria do Prêmio Braskem de Teatro com o Festival de Teatro do Interior da Bahia. “Nós fizemos a parceria com o Festival de Teatro do Interior, desenvolvido pelo Polo Cultural, para, justamente, trazer ao palco do Teatro Castro Alves a cena de teatro do interior do estado. É uma ponte de conexão entre o que se faz na capital e o que se faz no interior da Bahia”, contou Jorge Albuquerque, gerente executivo da Caderno 2 Produções.

A Caderno 2 Produções é quem realiza o prêmio, que é patrocinado pela Braskem e pelo Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda. Para a gerente de Marketing Institucional da Braskem, Ana Laura Sivieri, o projeto é uma forma de valorização da cultura baiana. “A Braskem acredita no potencial de desenvolvimento das pessoas e tem orgulho em apoiar há 26 anos um projeto que dá luz aos profissionais do teatro que estão começando sua carreira, mostrando todo o seu talento e potencial. Isso é valorizar as pessoas, é impulsionar o potencial humano, potencial de crescimento e reinvenção”, falou.

A peça Em Família disputa na categoria Espetáculo Adulto e está em cartaz no Teatro Isba (Foto: divulgação)

Para chegar aos finalistas, a comissão julgadora, esse ano formada pela diretora teatral, dramaturga e escritora, Adelice Souza, pela produtora cultural, Fernanda Tourinho, pelo músico, ator, diretor, artista visual e presidente do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado da Bahia (SATED Bahia), Fernando Marinho, pelo dramaturgo, diretor teatral e professor doutor da Escola de Teatro da UFBA, Paulo Henrique Alcântara, e pelo artista plástico e cenógrafo, Zuarte Júnior, avaliou 61 peças teatrais baianas, profissionais e inéditas no período de 11 de abril a 23 de dezembro de 2018.

Mostra
Os indicados, disputam, além da estatueta, prêmios nos valores de R$ 30 mil para as categorias de Espetáculo Adulto, Espetáculo Infantojuvenil e Espetáculo do Interior, e R$ 5 mil para as demais categorias. Além disso, nove espetáculos finalistas voltaram a cartaz através da 5ª edição da Mostra Prêmio Braskem de Teatro, que começou em março e segue até a próxima terça-feira (14).

As Tentações de Padre Cícero, Por que Hécuba?, Teatro La Independência, Quem Vai é o Coelho, O Barão nas Árvores, Gromelôs e Garatujas, O Mundo das Minhas Palavras, Ponta d'Areia, Pedaço do Céu e Em Família estão abrigadas nos teatros Castro Alves, Vila Velha, Módulo, Molière, ICBA, Isba, Arena Sesc Pelourinho e Sesc Casa do Comércio, com ingressos a preços populares de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Os ingressos podem ser adquiridos nas bilheterias dos teatros e pelos sites Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br) e Sympla (www.sympla.com.br).

O espetáculo As Tentações de Padre Cícero concorre nas categorias Texto, Ator, Categoria Especial e Direção (Foto: Divulgação)

O diretor e dramaturgo Gil Vicente Tavares, que está concorrendo nas categorias Texto e Direção por As Tentações de Padre Cícero – a peça também concorre com Lúcio Tranchesi à categoria de Ator, e com Luciano Bahia na Categoria Especial pela direção musical –, vê a mostra um fôlego a mais para os espetáculos baianos. “A Mostra é uma oportunidade dos indicados a melhor espetáculo poderem voltar em cartaz, e, também, a chance do público e da classe - que não tiveram a oportunidade - poderem assistir aos espetáculos que agora estão em evidência concorrendo ao prêmio”, ponderou. “Vemos a vocação que o estado tem para isto. O prêmio só se sustenta porque temos pessoas com este talento, são as pessoas que alimentam o prêmio. Sabendo disso, é uma honra termos a chance de ajudar a impulsionar a cena artística local”, completou Ana Laura Sivieri.

Cerimônia
Pela sétima vez no comando da cerimônia de premiação, o diretor e dramaturgo Luiz Marfuz, que já foi indicado nove vezes ao prêmio e levou duas estatuetas, traz a obra de Jorge Amado (1912-2001) como tema central da apresentação. Sendo o profissional que mais vezes dirigiu a cerimônia, Marfuz se reinventa a cada ano para surpreender o público e os colegas. “Não é fácil mas é muito prazeroso, são desafios prazerosos. Eu procuro sempre fazer a temática e o modo de abordar serem distintos dos anos anteriores”.

Se no ano passado as coreografias dos bailarinos foram destaque, esse ano ele abriu um espaço ainda maior para o audiovisual e a música. “Mas, vão ter artistas no palco, não gosto de deixar o palco sem artistas. Além de um coro de artistas que cantam e dança, teremos quatro mestres de cerimônia”, adiantou o diretor. E o quarteto é formado pelos atores Frank Menezes, Zeca de Abreu, Amaurih Oliveira e Larissa Luz. “Vamos trazer a diversidade que permeia o nosso teatro baiano, as gerações que estão no palco, os estilos diferentes, será um lugar de representação e representatividade”, completou Marfuz.

A peça O Mundo das Minhas Palavras concorre nas categorias Espetáculo Infantojuvenil, Texto (Wanderley Meira), Categoria Especial (Luciano Salvador Bahia) e Categoria Especial (Mônica Nascimento). (Foto: Diney Araújo)

E quem não for à cerimônia, vai poder acompanhar o evento através de uma transmissão ao vivo pela internet. “A ideia da transmissão veio por um indicador exponencial de público, especialmente no ano passado. E com a parceria com o Festival de Teatro do Interior, pensamos em possibilitar que o público em geral tivesse acesso a essa premiação”, explicou Jorge Albuquerque. Além disso, a transmissão contribui para a propagação do teatro baiano no mundo todo. “Queremos também despertar nessas pessoas que vão assistir e que, muitas vezes, não tiveram acesso ao teatro, que reconheçam a qualidade do que é feito aqui”, apontou o diretor da Caderno 2 Produções. Segundo Sivieri, as ações dos Prêmio Braskem de Teatro só têm efeito porque são pensadas para as pessoas. “Vemos a vocação que o estado tem para isto. O Prêmio só se sustenta porque temos pessoas com este talento, são as pessoas que alimentam o prêmio. Sabendo disso, é uma honra termos a chance de ajudar a impulsionar a cena artística local”, celebrou.

Jorge Amado
A obra e os personagens do escritor baiano Jorge Amado (1912-2001) são os grandes cernes da cerimônia de premiação da 26ª edição do Prêmio Braskem de Teatro. Intitulada Jorge Amado na Batida da Cena, a apresentação propõe uma reflexão artística sobre algumas obras do escritor que inspiraram adaptações para o teatro e o cinema. “Pensamos em Jorge Amado pela ligação dele com as artes presenciais, artes cênicas, visuais. Ele é um autor que desperta muita atração e tem uma força imagética em seus romances”, explicou Luiz Marfuz, que assina a direção do evento.

Intitulada Jorge Amado na Batida da Cena, a cerimônia de premiação propõe uma reflexão sobre algumas obras do escritor baiano (Foto: Acervo Fundação Casa de Jorge Amado)

Para além de contar a história do escritor, a premiação busca, através de suas obras, abordar temas comuns à sociedade atual e que já eram tratados pelo autor desde o início de sua carreira. “Jorge é bastante amado e querido, mas controverso. A gente tá querendo trazer questões que ele já mencionava desde a década de 1930 como a intolerância religiosa e a intolerância racial, o partido que ele sempre tomou por pessoas marginalizadas”, revelou o diretor.

Tudo isso com uma roupagem bem mais moderna e atual. “Queremos refletir como essas questões estão hoje. Pensar em Jorge Amado a partir da contemporaneidade. Questionar como esses personagens estariam hoje. Queremos um viés atual, dinâmico, imaginativo”, contou Marfuz. Pra isso, o audiovisual vai ter presença importante no espetáculo, além da dança e das músicas em ritmos como rap e hip hop, que fazem parte desses universos retratados. 

“A cerimonia vai pôr um foco na obra de Jorge Amado, no fascínio que ele exerce nos artistas da cena”, emendou Luiz Marfuz. Para Jorge Albuquerque, diretor da Caderno 2 Produções, o tema é um “reconhecimento de todo o processo de encenação, dos personagens e da obra de Jorge Amado para o teatro baiano”.

Confira os indicados para o 26º Prêmio Braskem de Teatro

ESPETÁCULO ADULTO

  • As Tentações de Padre Cícero
  • Em Família
  • Oxum
  • Por que Hécuba?
  • Teatro La Independência

ESPETÁCULO INFANTOJUVENIL

  • Gramelôs e Garatujas
  • O Barão Nas Árvores
  • O Mundo Das Minhas Palavras
  • Ponta D’areia, Pedaço Do Céu
  • Quem Vai é O Coelho

ESPETÁCULO DO INTERIOR DA BAHIA

  • Encarceradas (Feira de Santana)
  • Enquanto os Dias São Mortos (Paulo Afonso)
  • Mulheres Malês - Nas Margens do Rio (Lauro de Freitas)
  • O Grande Yorick (Ilhéus)
  • O Teatro é de Cordel (Jequié)

TEXTO

  • Gil Vicente Tavares, por As Tentações de Padre Cícero
  • Paulo Atto, por Teatro La Independência
  • Vinicius Bustani, por Criança Viada Ou De Como Me Disseram Que Eu Era Gay
  • Fernando Santana, por Frida Kahlo
  • Wanderley Meira, por O Mundo Das Minhas Palavras

DIREÇÃO

  • Diego Pinheiro, por Quasilhas
  • Gil Vicente Tavares, por As Tentações de Padre Cícero
  • Leonardo Santolli, por Consertam-se Imóveis
  • Luis Alonso, por Teatro La Independência
  • Marcio Meirelles, por Por que Hécuba?

ATOR

  • Genário Neto, por Memórias do Mar Aberto - Medéia Conta Sua História, Titus - Uma Reverberação da Obra de Shakespeare e Madame Satã
  • João Guisande, por Por Esse Amor e Retratos Imorais
  • Lúcio Tranchesi, por As Tentações de Padre Cícero
  • Marcos Lopes, por O Barão Nas Árvores
  • Rui Manthur, por Enfermaria Nº 6

ATRIZ

  • Chica Carelli, por Por que Hécuba?
  • Evelin Buchegger, por Teatro La Independência
  • Kátia Leal, por As Centenárias e Consertam-se Imóveis
  • Marcia Lima, por Medéia Negra
  • Vivianne Laerte, por Memórias do Mar Aberto – Medéia Conta Sua História

REVELAÇÃO

  • Bárbara Lais, pela atuação em Jackie – A do Mal ou Nem Tudo é O Que Parece
  • Natalie Souza, pela atuação em A Rede – Memórias Compartilhadas
  • Sophia Colleti, pela direção de Enfermaria Nº 6
  • Vagner Jesus, pela atuação em V de Viado

CATEGORIA ESPECIAL

  • Ubiratan Marques e André Oliveira, pela direção Musical de Quasilhas
  • Andrea Rabelo e Joice Aglae, pelo figurino de Confabulações
  • Luciano Bahia, pelo conjunto das direções musicais do ano de 2018
  • Thiago Romero, pela direção de Arte de Oxum
  • Mônica Nascimento, pela direção de movimento nos espetáculos O Último Capítulo, O Mundo das Minhas Palavras, Consertam-se Imóveis e Enfermaria Nº 6

Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/policiais-militares-e-espadeiros-entram-em-confronto-em-senhor-do-bonfim/
Atividade é proibida desde 2017, mas testemunhas acusam PMs de truculência
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/jotape-lanca-single-em-parceria-com-bia-ferreira/
Prévia de EP do músico, a faixa Conte Comigo mescla MPB, rap, pop e R&B
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/video-mostra-evolucao-tecnica-em-animacoes-da-pixar-desde-1995/
Desde o primeiro Toy Story, a Pixar produziu 21 filmes de animação
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/sao-joao-em-versos-de-poesia-e-letra-de-musica/
Confira últimos vídeos da websérie especial São João na Estrada
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nicki-minaj-lanca-musica-nova-ouca-megatron/
Megatron já é cotada como novo hit do verão americano
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/onibus-pega-fogo-na-rodoviaria-de-salvador/
No momento do incêndio houve tumulto e correria dentro do terminal
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/musica-de-freddie-mercury-e-revelada-quase-30-anos-depois-de-sua-morte/
Originalmente lançada em 1986, música ressurge em nova gravação
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/charlize-theron-e-seth-rogen-formam-um-casal-improvavel/
Na comédia, um jornalista reencontra a mulher sua ex-babá e os dois se envolvem
Ler Mais