Temer exonera três ministros para votar reforma trabalhista na Câmara

brasil
26.04.2017, 11:44:00
Atualizado: 26.04.2017, 11:45:08

Temer exonera três ministros para votar reforma trabalhista na Câmara

Bruno Cavalcanti de Araújo, José Mendonça Filho e Fernando Bezerra Filho vão reassumir as vagas de deputado federal e reforçar a votação do projeto de lei da reforma trabalhista

O "Diário Oficial da União" publicou nesta quarta-feira (26) a exoneração de três ministros para reassumirem as vagas de deputado federal e reforçarem a base governista na votação do projeto de lei que trata da reforma trabalhista (PL 6787/16).

Os ministros são Bruno Cavalcanti de Araújo, do Ministério das Cidades; José Mendonça Filho; do Ministério da Educação; e Fernando Bezerra Filho, de Minas e Energia. A votação está prevista para hoje.

O relatório da reforma trabalhista foi aprovado nesta terça-feira (25) na comissão especial que debateu o assunto na Casa, por 27 votos a 10 e nenhuma abstenção. Se aprovada, a matéria será encaminhada para apreciação do Senado Federal.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas