Tenente que matou homem e feriu duas pessoas em Pirajá vai a júri popular

salvador
25.07.2019, 18:54:00
Atualizado: 25.07.2019, 18:55:15

Tenente que matou homem e feriu duas pessoas em Pirajá vai a júri popular

Crime ocorreu em 2015; PM atirou por 'vingança', diz Ministério Público

Acusado de matar um homem e ferir outras duas pessoas no bairro de Pirajá, em 2015, o tenente do Batalhão Especializado de Policiamento de Eventos (Bepe) da Polícia Militar Daniel Leite dos Santos, 41 anos, vai a júri popular nesta sexta-feira (26). 

De acordo com o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), Daniel foi denunciado por homicídio qualificado, por motivo torpe, "utilizando meio cruel e impossibilitando a defesa da vítima". Segundo o MP, ele atirou por vingança.

O julgamento será realizado pelo promotor de Justiça Antônio Luciano Silva Assis, a partir das 8h, no Fórum Ruy Barbosa, no bairro de Nazaré, em Salvador.

O tenente também responde por um outro crime de homicídio ocorrido em Juazeiro, no ano de 2011.

Entenda
O crime aconteceu no dia 12 de julho de 2015 e, segundo a promotoria, o denunciado efetuou disparos contra Antônio Carlos Alcântara, 42, Andreia Tatiana da Silva Calmon, 41, e Francisco Portela Ferreira Neto, 28. Antônio morreu na hora, enquanto Andreia foi baleada na perna e Francisco foi agredido com socos e coronhadas. Os sobreviventes foram socorridos para o posto de saúde de Pirajá e liberadas em seguida. 

À época, as investigações preliminares da Polícia Civil indicaram que o PM atirou em direção ao grupo após acreditar que a mulher com quem ele estava em uma festa havia sido paquerada.

Daniel chegou a ser preso em flagrante, mas, de acordo com o MP-BA, foi solto pouco depois e passou a responder o processo em liberdade.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas