Tiroteio à luz do dia: homem é morto com mais de 50 tiros na Estrada das Barreiras

salvador
05.08.2021, 13:51:00
(Reprodução/TV Bahia)

Tiroteio à luz do dia: homem é morto com mais de 50 tiros na Estrada das Barreiras

Ele teria sido morto por traficantes, após estuprar garoto

Um homem foi morto em via pública, em plena luz do dia, no fim da manhã desta quinta-feira (5). O tiroteio aconteceu na Cardeal Avelar Brandão, em uma localidade conhecida como Curva da Morte, localizada na Estrada das Barreiras, no bairro de Tancredo Neves. A quantidade de tiros, que começou por volta das 11h, assustou os moradores.

De acordo com informações preliminares da Polícia Civil, o homem foi encontrado com as duas mãos amarradas e não carregava nenhum documento de identificação.

Segundo um morador da região, que prefere não se identificar, o homem foi assassinado pelo "tribunal do crime" - quando criminosos executam acusados de crimes bárbaros. "O pessoal da região disse que ele estuprou um menino de 6, 7 anos, e aí o pessoal não perdoa. Ele foi pego pelos traficantes e levou mais de 50 tiros, o rosto não dava mais para reconhecer", disse.

A Polícia Civil informou que ainda está no local e que a apuração do caso ficará a cargo da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central). A informação do suposto crime cometido não foi confirmada.

Já a Polícia Militar disse, por meio de nota, que uma equipe da 48ª Companhia Independente da PM (CIPM/Sussuarana) foi acionada e, ao chegar ao local, já encontrou o alvo dos disparos sem vida. A área foi isolada e do Serviço de Investigação de Local de Crime (Silc) acionado. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas