Traficante morto pela polícia havia sido expulso da Saramandaia

salvador
11.07.2018, 09:58:00
Atualizado: 11.07.2018, 10:27:25
(Foto: Arquivo CORREIO)

Traficante morto pela polícia havia sido expulso da Saramandaia

Substituto de Coe, Juninho é da facção BDM

O traficante Cosme da Paixão Lisboa, o Coe, 32 anos, morto por policias civis na manhã da terça-feira (10), foi expulso do bairro da Saramandaia, em Salvador, pelo também traficante e ex-comparsa Hamilton Silveira dos Santos Junior, conhecido como Juninho. Cosme já foi uma das lideranças do tráfico de drogas no bairro e era da facção Comando da Paz (CP).

Uma fonte da polícia disse ao CORREIO que Cosme passou os últimos meses na casa de familiares, em Barra do Jacuípe, na cidade de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. De acordo com a polícia, Cosme estava foragido desde o dia 29 de dezembro de 2017, da Colônia Penal Lafayette Coutinho, onde cumpria pena desde 2012 por tráfico de drogas.

“Eles trabalhavam juntos, mas quando Cosme foi preso, Juninho (que era Comando da Paz e passou para a facção Bonde do Maluco) assumiu e não deixou ele voltar”, informou a fonte. 

Ainda segundo o investigador, Cosme não era “bem visto” pelos comparsas do tráfico e nem pelos moradores da região. O bairro da Saramandaia é dividido entre as facções CP e BDM.

“Juninho foi conquistando o pessoal, porque a forma de ‘trabalho’ dele é diferente da de Cosme, que era bem agressivo e gostava de ficar oprimindo. Ele e o novo chefe se tornaram inimigos”, contou.

Outra fonte, também ligada à investigação policial, disse que, quando Cosme foi para Barra do Jacuípe, estava tentando seguir ‘carreira solo’. “Ele estava tentando fazer o nome na região”, disse a fonte.

Festa
Houve festa em Saramandaia ontem, para ‘comemorar’ a morte de traficante. "Cosme matou muita gente inocente e procurou guerra com outros bairros”, disse um morador de Saramandaia. Além do churrasco, houve queima de fogos durante todo o dia no bairro. “Saramandaia toda está em festa com a morte de Coe (Cosme). Aqui estava o pior lugar para se morar com ele”,completou o morador.

No entanto, outro morador, também não idenitificado pelo CORREIO, informou que  o atual chefe do tráfico na região, Juninho, "toca o terror" na Saramandaia. "Pegaram Coe, mas não pegaram o principal, que é Juninho", afirma. Segundo ele, o traficante comanda a equipe "B12", que é um grupo de homens que andam armados pelo bairro. "Eles [B12] fazem de tudo pra polícia não chegar aqui. Nós não podemos nem brigar com os vizinhos pra evitar confusão e, além disso, todos andam armados até os dentes", disse.

Morte
Ex-líder do tráfico de drogas no bairro da Saramandaia, Cosme Paixão Lisboa, o Coe, 32 anos, foi morto por policiais civis na manhã de terça-feira (10), em Barra do Jacuípe, em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. 

O criminoso estava foragido da Colônia Penal Lafayette Coutinho desde 29 de dezembro de 2017. Ele cumpria pena por tráfico de drogas. Na manhã da terça-feira (10),  equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) localizaram o traficante escondido em um imóvel. Eles foram até o local cumprir um mandado de prisão contra Coe e, segundo a polícia, foram recebidos a tiros. Houve confronto e Coe foi baleado.

Ferido, ele chegou a ser socorrido pelos policiais, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Histórico do crime
Coe foi o criador do 1º Comando da Saramandaia, organização criminosa ligada à facção Caveira. Em janeiro de 2010, Coe foi preso em seu reduto após fazer uma família refém. À época, ele foi surpreendido com uma sacola com uma quantidade indeterminada de maconha, tentou fugir e houve troca de tiros com os policiais. Durante a fuga, o traficante entrou em uma casa do bairro em uma família com três pessoas dormia e exigiu, em negociação com a polícia, que a imprensa estivesse presente no local para soltar os reféns. Após duas horas, ele libertou os reféns e se entregou à polícia.

Em dezembro de 2012, o traficante foi beneficiado pela saída temporária de Natal e não mais voltou à cela da Colônia Penal Lafayete Coutinho. No entanto, no dia 11 de abril de 2014, a polícia prendeu mais uma vez. Ele estava em Barra do Jacuípe quando foi abordado por uma viatura da 59ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Vila de Abrantes) enquanto passava em um Gol branco, placa OLF-2200, junto com o irmão mais novo. O irmão de Coe foi ouvido e liberado. 

BDM
A região da Saramandaia permanece atualmente sob comando da BDM. A facção é um dos cinco grupos criminosos mais atuantes na Bahia, e considerado o mais violento. O Bonde do Maluco (BDM) surgiu em 2015 no pavilhão V do Presídio Salvador, no Complexo Penitenciário da Mata Escura. O grupo é liderado pelo assaltante de banco Zé de Lessa, que está foragido. 

*Com supervisão da editora Mariana Rios