TRE adia prova de seleção de estagiários por conta da greve dos caminhoneiros

bahia
26.05.2018, 09:11:00
(Foto: Divulgação)

TRE adia prova de seleção de estagiários por conta da greve dos caminhoneiros

De acordo com o órgão o motivo são as dificuldades ocasionadas pela greve  dos  caminhoneiros e no intuito de assegurar a integridade dos inscrito

O Tribunal Regional Eleitoral suspendeu a realização das provas do programa de estágio que seriam realizadas neste domingo (27). De acordo com o órgão o motivo são as dificuldades ocasionadas pela greve  dos  caminhoneiros e no intuito de assegurar a integridade dos inscrito. "O TRE baiano lamenta o  transtorno ao tempo que informa que uma nova data para realização do exame será posteriormente divulgada", afirma a nota. 

O presidente Michel Temer assinou o decreto determinando o uso das forças federais para liberar as rodovias e reabastecer o país com os produtos retidos nas estradas. O decreto, publicado na noite de sexta (25), em edição extra do Diário Oficial da União, autoriza o emprego das Forças Armadas no contexto da Garantia da Lei e da Ordem (GLO) até o dia 4 de junho.

Com isso, os militares darão apoio às forças policiais, como a Polícia Militar (PM), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Força Nacional, na liberação das estradas. Além disso, as Forças Armadas poderão requisitar veículos e levá-los para distribuição dos produtos que carregam, mas isso só será feito caso o dono do caminhão – seja a empresa ou o próprio motorista – se negar a seguir viagem.

“A requisição de bens é um item do menu de opções que o governo tem em qualquer circunstância. Na medida que as coisas não voltarem à normalidade, o governo vai usar o instrumento que tem. A requisição é um ato de posse. Requisita, utiliza e devolve. É uma hipótese. Poderá ser utilizada na medida que for necessária”, disse o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Sergio Etchegoyen, em entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira no Palácio do Planalto, horas antes da edição do decreto.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas