Três pessoas da mesma família são presas na Bahia por estupro de vulnerável

bahia
16.07.2021, 10:30:00
(Foto: Divulgação/SSP)

Três pessoas da mesma família são presas na Bahia por estupro de vulnerável

Um quarto suspeito de envolvimento no crime foi localizado no bairro de Periperi, em Salvador

Três pessoas da mesma família tiveram as prisões preventivas cumpridas por estupro de vulnerável em Santo Amaro, nessa sexta-feira. Dois homens e uma mulher foram detidos pelas equipes da 3ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Santo Amaro). Um quarto suspeito de envolvimento no crime foi localizado no bairro de Periperi, na capital.

As prisões ocorreram dentro de ação nacional coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) que visa combater crimes praticados contra crianças e adolescentes em todo território nacional. Policiais de unidades que compõem os Departamentos de Polícia do Interior (Depin) e de Polícia Metropolitana (Depom) percorreram diversos endereços levantados no curso das investigações. 

Conforme esclareceu a titular da  Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), delegada Simone Moutinho, a ação contribuiu para a dinamização do trabalho desenvolvido pela especializada. "Uma operação como essa acelera a execução das denúncias e auxilia na elucidação de diversos casos", destacou.

Desenvolvida ao longo do mês de julho, a Operação culmina, nesta sexta-feira, com ações  que apuram denúncias contra suspeitos de praticar casos  de maus tratos, lesão corporal, abuso sexual, tortura, dentre outros.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas