Turistas são presos acusados de falsificar exames de covid para entrar em Noronha

brasil
30.10.2020, 15:14:28
Atualizado: 30.10.2020, 15:33:10
(Foto: Reprodução)

Turistas são presos acusados de falsificar exames de covid para entrar em Noronha

Suspeitos chegaram à ilha de jatinho e se recusaram a fazer testes no local

Quatro turistas de Araguaína, no Tocantins, foram presos após serem acusados de terem tentado entrar em Fernando de Noronha com exames de covid-19 falsificados. A prisão ocorreu, segundo o G1, na noite da quinta-feira (29). 

Os detidos são dois homens e duas mulheres que chegaram ao local em um jato particular na noite da quarta-feira (28).

Ao chegarem na ilha, eles se recusaram a fazer exames, alegando que tinham feito os testes no mesmo dia e estavam aguardando os resultados.

Quando apresentaram os testes, no dia seguinte, quinta-feira (29), a vigilância da ilha desconfiou da data e descobriu que, na verdade, os exames foram feitos no dia 25 de outubro, contrariando a regra de entrada em Noronha (que exige que a coleta seja feita um dia antes do embarque). Ou seja: pela regra local, os exames dos turistas deveriam ser datados de 27 de outubro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas