Ucraniana esfaqueada no Rio brigou com ladrão, que fugiu de cueca

brasil
17.05.2022, 10:49:29
(Foto: Reprodução)

Ucraniana esfaqueada no Rio brigou com ladrão, que fugiu de cueca

Ferida, Yulya foi levada ao hospital, mas já recebeu alta

Turista ucraniana que foi assaltada na última quinta-feira (12) no Rio de Janeiro, Yulya Golovko, de 26 anos, chegou a entrar em luta corporal com o ladrão. De acordo com o jornal Extra, apesar de ter sido atacada com facadas, ela reagiu em uma briga que foi parar na pista de rolamento dos carros. 

A ucraniana conseguiu rasgar o short do bandido, que fugiu em seguida apenas de cueca e com a mochila que roubou da vítima. O ladrão ainda não foi encontrado pela polícia carioca.

No momento em que foi abordada, Yulya passeava de bicicleta com o namorado, Kostiantyn Miska, de 33 anos, também ucraniano. 

Kostiantyn, que pedalava um pouco à frente da companheira, sequer pôde reagir ou acompanhar a cena, que durou poucos segundos. Quando ele se virou, o ladrão já havia partido em disparada, e Yulya estava caída ao chão, ferida.

O ucraniano buscou socorro, que foi prestado por policiais militares. Yulya foi levada para para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, em seguida, transferida para um hospital, de onde teve alta no dia seguinte. 

Apesar de esfaqueada várias vezes, especialmente no braço, as perfurações não atingiram órgãos vitais nem geraram lesões mais graves. A jovem, porém, permanece assustada, e quase não saiu mais do apartamento alugado em Copacabana desde o episódio.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas