Uso de máscaras em ônibus de Salvador é obrigatório a partir de hoje

coronavírus
23.04.2020, 05:10:00
Atualizado: 23.04.2020, 11:37:23
(Betto Jr/CORREIO)

Uso de máscaras em ônibus de Salvador é obrigatório a partir de hoje

Motoristas e cobradores podem impedir acesso de passageiro sem a proteção

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Vai sair de casa? Pode incluir a máscara nos itens que você costuma carregar. A partir desta quinta-feira (23) o uso do equipamento de proteção facial é obrigatório para quem vai andar de ônibus ou dirigir carros particulares.

O uso das máscaras é uma determinação da prefeitura, que exige ainda o uso do material nos ambientes de trabalho. Por enquanto, a medida é educativa, sem multa para quem desrespeitar a regra. Mas, a prefeitura assegura: o acesso ao transporte será fiscalizado e quem não estiver usando máscara não poderá subir nos ônibus.

O decreto estabelece que o usuário do sistema que for flagrado utilizando o transporte público sem o uso da máscara será orientado a deixar o veículo.

"Não precisa ser a descartável, é qualquer máscara. A fiscalização já começa na quinta, cada dia em uma estação ou ponto diferente", declarou o prefeito.

Fiscais da Secretaria de Mobilidade (Semob) e funcionários da Guarda Civil Municipal estarão nas principais estações fazendo rodízio de fiscalização. Além disso, os ônibus terão fiscais para "detectar o eventual descumprimento dessa norma". Se for necessário, pessoas serão orientadas a deixar os veículos.

Outro ponto importante: os rodoviários, que também precisam usar a proteção, têm o poder de impedir que os passageiros entram nos ônibus se estiverem sem máscaras. "O cobrador e motorista terão o direito de dizer que a pessoa não pode fazer a viagem e os fiscais podem retirar o cidadão", completou Neto.

A medida visa garantir a proteção individual e coletiva contra a covid-19, buscando controlar a curva de crescimento da doença e prevenir um colapso do sistema público de saúde. O uso da máscara é recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Campanha
Entre esta quinta-feira (23) e o próximo domingo (26), a Semob fará uma campanha de conscientização para orientar a população sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras nos ônibus. Os funcionários da secretaria farão ações nas estações da Lapa, Pirajá, Acesso Norte, Mussurunga e também em 80 pontos de ônibus onde a concentração de passageiros é grande.  

Além disso, as estações de transbordo contarão com a divulgação através de seus sistemas sonoros de mensagens, chamando atenção dos passageiros para a importância e a necessidade de usar as máscaras. Cartazes informativos ainda serão colocados nos ônibus. Também será feita campanha nos veículos de comunicação.

Veículos particulares
Fiscais da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) também vão ficar de olho nos motoristas e passageiros de veículos particulares da cidade em blitze educativas.

A primeira delas será realizada nesta quinta, às 9h30, na região do Dique do Tororó (na altura do posto de gasolina que fica no sentido Estação da Lapa, depois da Sucop).

Vale lembrar que, por enquanto, a obrigatoriedade é apenas quando houver mais de uma pessoa num mesmo automóvel. "Essa utilização é obrigatória mesmo no trânsito, com o automóvel parado ou em movimento", alerta a prefeitura.

Onde mais?
Além dos meios de transporte, o uso da máscara também passa a ser obrigatório nos ambientes de trabalho para todos os estabelecimentos cujas atividades não estejam suspensas pelas medidas restritivas. Isso inclui repartições públicas municipais. Esses locais, contudo, deverão fornecer o equipamento para os respectivos colaboradores, sob pena de interdição, afirma a prefeitura. Clientes também precisarão estar de máscara. Nesta terça-feira (21), o CORREIO flagrou ambulantes vendendo máscaras já na porta de supermercados.

Os próprios ambulantes também deverão fazer uso obrigatório de máscara de proteção durante o desempenho de suas atividades. A Secretaria Municipal de Gestão (Semge) está adquirindo os equipamentos de proteção e a Secretaria de Ordem Pública (Semop) realizará uma ação de entrega, disponibilizando duas máscaras para cada trabalhador. A medida só vale a partir da entrega dos itens de proteção.

Dicas:

  • Higienize as mãos com água e sabão ou álcool em gel antes de colocar a máscara e quando for retirá-la do rosto

  • Segure a máscara pelos elástico os extremidades, nunca pelo tecido que cobrirá seu nariz e boca

  • Ajuste a máscara para que cubra totalmente seu nariz, boca e parte do queixo

  • Se precisar ajustar a máscara, não toque na parte que cobre o rosto, mexa pelas laterais, sempre com as mãos higienizadas

  • O ideal é que as máscaras sejam trocadas a cada 2h (tecido) ou 4h (descartável)

  • Caso precise tirar a máscara, coloque uma limpa depois. Não é recomendado colocar de novo no rosto, nem deixá-la pendurada na orelha ou pescoço

  • Máscaras de pano devem ser lavadas e deixadas de molho por 20 minutos em uma solução com água sanitária

*Com supervisão da chefe de reportagem Perla Ribeiro e da subeditora Clarissa Pacheco

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas