Vacinômetro: BA tem 6,5 mi de vacinados com ao menos uma dose contra covid 

coronavírus
30.07.2021, 17:55:26
(Divulgação/PMLF)

Vacinômetro: BA tem 6,5 mi de vacinados com ao menos uma dose contra covid 

Estado tem 58,8% da população acima dos 18 anos vacinada com ao menos uma dose; 2,7 mi têm imunização completa

A Bahia tem 6.311.582 imunizados com a primeira dose da vacina contra covid-19 até às 17h desta sexta (30), de acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) divulgados no começo da noite. O Estado já vacinou 58,8% da população baiana acima dos 18 anos (estimada em 11.148.781) - com, pelo menos, a primeira dose. Além disso, 249.289 vacinados foram imunizados com a vacina de dose única. Com isso, 6.560.871 já receberam ao menos uma dose contra covid-19 no estado. 

Dos mais de 6,3 milhões vacinados com imunizantes de duas doses, 2.521.413 receberam também a segunda aplicação, o  que somado com os imunizados com dose única faz a Bahia ter 2.770.702 pessoas totalmente imunizadas contra a covid-19.
 
Números da covid na Bahia
 
A Bahia registrou 44 mortes e 1.301 novos casos de covid-19 (taxa de crescimento de +0,1%) em 24h, de acordo com dados do relatório epidemiológico da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) até o final da tarde desta sexta-feira (30). No mesmo período, 1.635 pacientes (+0,1%) foram considerados curados da doença.
 
Dos 1.192.293 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.160.321 já são considerados recuperados, 6.255 encontram-se ativos. O número de ativos no estado segue entre os menores do ano, mantendo a tendência de queda ao longo do mês, intensificada nas últimas semanas.
 
O número total de mortes por covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 25.717. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas