Vanessa Giácomo viverá Eliza Samudio na Globo; Glória Perez reprova série

em alta
09.01.2020, 13:26:00
Atualizado: 09.01.2020, 14:38:51

Vanessa Giácomo viverá Eliza Samudio na Globo; Glória Perez reprova série

Ideia da emissora é investir em um filão que é forte lá fora: histórias de crimes

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

(Foto: Reproduçao)

A Globo prepara uma série sobre a morte de Eliza Samudio, por ordem do ex-goleiro do Flamengo, Bruno. A novidade não caiu bem dentro da própria emissora. A autora de novelas Glória Perez usou o Twitter para criticar a ideia, dizendo que "só pode ser uma piada; e de mau gosto".

Para a série, a Globo comprou os direitos do livro "Indefensável - o Goleiro Bruno e a História da Morte de Eliza Samudio", da editora Record. O projeto ainda não tem roteiro definido, mas será dirigido por Amora Mautner, responsável por "Assédio", série sobre o médico Roger Abdelmassih. Segundo o colunista Leo Dias, de Uol, o papel de Eliza será da atriz Vanessa Giácomo.

"Estamos começando a desenvolver o projeto que será escrito pelo Lucas Paraíso, que fez 'Sob Pressão', e pela cineasta Gabriela Amaral. Assim que for aprovada a primeira etapa, começaremos a pensar no elenco, mas a Vanessa Giácomo está desde a origem do projeto. Todos pensamos nela como Eliza", explica a diretora. 

A ideia da emissora é investir em um filão que é forte lá fora: histórias de crimes. Serão transformados em séries casos que já tenham solução e já tenham sido concluídos pela Justiça.

Ainda não há previsão de estreia, mas a série sobre o crime de Bruno deve ser exibida somente depois de "Verdades Secretas 2".
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas