Veja os lugares mais frequentados para pular a cerca em Salvador

salvador
30.03.2022, 07:50:00
Rua Fonte do Boi (Foto: Arisson Marinho/CORREIO)

Veja os lugares mais frequentados para pular a cerca em Salvador

Salvador é a cidade com mais traições no Brasil: 45,6% dos homens e mulheres já cometeram ato de infidelidade

O povo baiano é romântico. Tão romântico e com tanto amor em ebulição que, em alguns casos, uma pessoa só não é o bastante para recebê-lo, surgindo a necessidade de encontrar um terceiro elemento para balancear a estequiometria amorosa. Talvez essa seja a explicação para o resultado de uma pesquisa que garante: Salvador é a cidade com mais traições no Brasil.

O levantamento, feito em 2016, como parte do Mosaico 2.0, elaborado pelo Projeto Sexualidade (ProSex), do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, apontou que 45,6% dos homens e mulheres admitem que já cometeram algum ato de infidelidade - importante ressaltar que esses são os que confessam, ainda há outra parcela que permanece no armário.

O estudo também revelou o óbvio: os homens são a maioria entre os puladores de cerca. 50,5% dos machos traem, enquanto 30,2% das mulheres se vingam, como diria Solange Almeida. 

Veja o especial de aniversário Rota Salvador 473

Mas onde e como são feitas essas traições? Afinal, trair em Salvador é mais que pura cafajestice, é um ato de coragem. Se a pesquisa mencionada acima pode surpreender parte do leitor soteropolitano, já calejado de saber: esta cidade é um ovo.

Bater perna por essa cidade sem ouvir ao menos um “quanto tempo?” ou “você não é fulaninho?” é uma missão quase impossível.

No entanto, alguns réus confessos revelaram que sim: dá para permanecer na moita por muitos anos. Ouvimos alguns deles para dar dicas de lugares para aquela escapadinha que permaneceram em segredo — ao menos até agora.

Locais seguros
Para começar, é importante ressaltar que a maneira mais segura de evitar um flagra é ir em “locais seguros”, como hotéis, casa da ou do amante, residência de amigos ou até o próprio lar quando a principal não está.

O problema é que a ‘outra’, muitas vezes, acaba se tornando fixa. "Eu mesmo tenho uma relação extraconjugal de cinco anos. Não tem como sustentar esse tempo todo só encontros apenas para sexo”, problematiza um advogado que, por motivos óbvios, não quis se identificar.

Além disso, só quem já foi amante sabe o quão solitário é conviver eternamente na moita, sobrevivendo de casualidades aqui e ali.

Voltando aos infiéis, uma professora de 28 anos dá a dica que ela considera fundamental para alguém que almeja ser um traidor de sucesso. “O mais importante é que, ao trair, você deixa de ser você. Assuma uma nova personalidade, frequente lugares que você jamais foi. O mais longe possível de sua casa e do seu ciclo de amizades. Trair também é uma ótima oportunidade para ‘turistar’”, brinca.

Ou seja: pense naquela praia, restaurante, bar, parque e shopping que você jamais iria em uma situação normal. Que você conhece apenas por ter ouvido falar na televisão ou no jornal.  Essas dicas de lugares são bastante variáveis para cada leitor. Alguém que mora na Barra precisa ir em um restaurante na Ribeira, enquanto quem é do Subúrbio uma boa é atravessar até Itapuã, e assim segue.

Até por isso é importante ressaltar: não é que esses locais são específicos para isso. Todos são lugares e estabelecimentos normais que atendem um público variado, onde apenas a minoria vai até lá para trair. O que eles possuem em comum são características que facilitam alguém não ser visto. “E nunca repita o lugar mais de uma vez. Vai que sua esposa descobre e, ao ir lá, o garçom informa que você está lá toda semana com alguém diferente”, aconselha um taxista.

Serviço

  • Bares e restaurantes

Barbacoa
Esse é o point para uma pulada de cerca da high society. Uma das mais luxuosas e, consequentemente, caras churrascarias de Salvador oferece total privacidade para quem não quer ser visto. Quem está de fora não consegue ver o que se passa lá dentro e o interior é marcado por uma iluminação mais difusa, o que dificulta reconhecer rostos a uma certa distância.

Restaurantes e bares da Fonte do Boi
“Lá é o lugar onde eu mais flagrei pessoas traindo”, conta o detetive particular que se identifica apenas como Nobre. O motivo é simples: apesar de estar em um dos bairros mais badalados de Salvador, a rua Fonte do Boi é reservada e próxima a hotéis. A rua é repleta de bares e restaurantes para infiéis de todos os gostos. Há opções de culinária árabe, japonesa, ostras (que são afrodisíacas), pizaria, bares e até comida natural no Manjericão — ainda mais reservado, funcionando em um beco com uma entrada cuja porta parece a de uma casa comum.

Maria Pimenta
Itapuã por si só já é um bairro afastado, mas o Bar e Restaurante Maria Pimenta consegue a proeza de estar em uma rua ainda mais intocada. Ele é cercado por casas, sendo praticamente o único estabelecimento da região. O bar apimentado é basicamente frequentado por pessoas da própria região, mesmo assim conta com música ao vivo e um preço convidativo.

Bar da Neinha Point Do Camarão
Esse bar e restaurante fica em uma rua de pouco movimento na Suburbana. O local é conhecido por fornecer porções generosas, acessíveis e deliciosas de frutos do mar, além de uma cerveja sempre gelada. Ele, tal qual o Maria Pimenta, é frequentado majoritariamente por pessoas da região, sendo ideal para forasteiros com segundas, terceiras e, quiçá, quartas intenções.

  • Praias e parques

Praia do Flamengo
Entrando agora nos passeios ao ar livre, a primeira sugestão é a Praia do Flamengo. Uma das mais belas de praia e Salvador reúne duas características que a transformam em point ideal para levar a ou o amante para tomar um sol: é afastada e próxima de hotéis. “Já cansei de flagrar pessoas hospedadas no Grand Hotel que frequentam essas praias com a parceira”, conta o detetive Nobre.

Boa Viagem
Para quem mora no lado da Paralela ou do Centro, a Praia de Boa Viagem é uma boa pedida. Ela pode ser combinada com uma ida ao bar de Neinha. Além de ser frequentada basicamente por pessoas do subúrbio, ela garante um belíssimo pôr-do-sol.

Ilha dos Frades 
Essa é a mais bela, mais afastada, mas a mais arriscada também. Isso porque ela recebe pessoas de toda a Salvador, porém em um número muito baixo. Com isso, a chance de alguém te reconhecer é maior. A dica é ir separado da amante no barco saindo de Madre de Deus e só iniciar o ‘love’ já na ilha, quando tiver certeza de que não há rostos conhecidos.

Parque da Cidade e Parque de Pituaçu
Lugares geralmente utilizados em passeio de famílias são comumente palcos de atos que destroem as mesmas. “O bom desses lugares é o mato em volta. Ótimo lugar para algo mais quente com a parceira”, revela um autônomo que se diz fã de atos libidinosos em lugares públicos.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas