Veja quais são as 43 linhas que vão rodar 24h no Festival Virada Salvador

salvador
26.12.2017, 12:43:00
(Foto: Carol Aquino/CORREIO)

Veja quais são as 43 linhas que vão rodar 24h no Festival Virada Salvador

Serão 700 ônibus circulando 24h e uma linha especial da Estação Pituaçu até o local da festa


O público que for usar transporte público para curtir o Festival Virada Salvador vai contar com uma linha especial com ônibus saindo a cada dez minutos da estação de metrô Pituaçu com destino a Arena Daniela Mercury, na Boca do Rio. A informação foi passada pelo prefeito ACM Neto e seu secretariado durante a coletiva de imprensa realizada pelo prefeito ACM Neto para apresentar os serviços oferecidos durante os festejos, que vão dos dias 28 de dezembro a 1º de janeiro. 

De acordo com o secretário municipal de Mobilidade Urbana (Semob), Fábio Mota, essa linha vai funcionar até quando o metrô estiver rodando. Procurada, a CCR Metrô Bahia informou que o modal funcionará em horário normal, das 5h à meia-noite. 

Arena do Festival Virada Salvador estará aberta a partir das 16h entre os dias 28 e 31. No dia 1º os portões estarão abertos às 15h. (Foto: Carol Aquino/ CORREIO). 

Ainda segundo Mota, essa linha especial vai funcionar até o horário de encerramento do metrô e voltará a operar às 6h. "Foi uma forma que a gente encontrou de integrar o metrô com o festival", disse. Haverá também  dois pontos de táxi extra dentro do circuito e três pontos oficiais de mototáxi, além dos 700 ônibus 24h. Serão 43 linhas funcionando 24h, além de mais 28 linhas do Sistema de Transporte Complementar (Stec).

"Teremos 700 ônibus funcionando 24h em toda abragência do festival, evidentemente que o resto da cidade vai estar contemplado. Sabemos que tem muitas pessoas que não vão vir para o festival e querem ter acesso a outros locais da cidade, então a operação montada para o festival nao interfere nem na vida, nem no dia a dia de outros bairros da cidade de Salvador, que continua normal", adianta Fábio Mota.

Serão criados também dois pontos de ônibus provisórios no entorno da festa. Um estará localizado na Avenida Octávio Mangabeira, em frente à Avenida Jorge Amado, para linhas que vão no sentido Itapuã, como aquelas com destino À Orla, Mussurunga, São Cristóvão, Estrada Velha do Aeroporto e Paralela. O outro ficará na Avenida Simon Bolívar, próximo ao Centro de Convenções. De lá sairão linhas com destino ao Cenro, IAPI, Caixa D'água, Liberdade, Cidade Baixa e Suburbana. 

Além da frota ter sido reforçada durante todo o festival, na noite do dia 31 terá uma frota extra de 200 ônibus reguladores nas estações de transbordo Acesso Norte, Lapa e Pirajá. "Se a demanda tiver necessidade, nós colocaremos esses ônibus para operar de forma de urgência", explica o secretário de Mobilidade. Nos dias da festa, a estação da Lapa ficará aberta até Às 5h. 

Estacionamento
A orientação do secretário é que o público use um dos meios de transporte para ir ao circuito. "Mas, para quem quiser vir de carro, disponibilizamos mais de 2500 vagas de estacionamento", informa. Serão 1500 vagas no antigo Aeroclube e mais 1.330 na Zona Azul, que abrange a região do Jardim de Alah, Avenida Otávio Mangabeira (após a avenida Jorge Amado) e na altura das quadras da Boca do Rio. O estacionamento dentro do antigo Aeroclube vai custar R$ 30, enquanto nas vagas da zona azul será cobrado R$ 20.

"A melhor alternativa é táxi, mototáxi ou vir de ônibus. Evidentemente, por mais que tenha um número grande de vagas disponibilizadas, é uma festa muito grande, do nível do Carnaval. Acho muito mais confortável vir de transporte público do que de carro. Vai ser uma guerra muito grande para encontrar vagas", orienta. No circuito haverão dois pontos de táxis e mototáxis, sinalizados com blimps. Enquanto haverá uma tabela de referência para corridas de táxi, os mototaxistas não terão um valor de cobrança estabelecido pela Prefeitura de Salvador. 

Quem vier de Uber ou de carona não poderá parar em qualquer lugar. A Prefeitura estabeleceu pontos de embarque e desembarque para facilitar o fluxo de veículos na região. Quem chega à Arena deve parar no lado direito da Avenida Octávio Mangabeira, sentido Itapuã, entre o restaurante Yemanjá e o posto de combustível. Para a saída, este ponto passará para o lado oposto da via, entre a saída da Avenida Simon Bolívar e o restaurante Yemanjá, sentido Pituba.

Será proibido para e estacionar em ambos os sentidos da Avenida Octávio Mangabeira, nos trechos em frente ao Aeroclube e o Parque dos Ventos  e no intervalo entre a Praça Osório Villas Boas e Avenida Jorge Amado. A mesma regra vale para a área em frente à Praça Osório Villas Boas, nos dois sentidos da Avenida Simon Bolícar, na Rua Carimbamba, no lado direito da Avenida Iemanjá e nos dois sentidos da Avenida Jorge Amado, entre a rua Amendoeira do Jardim Imperial e a orla. Sessenta agentes da Transalvador estarão fiscalizando estacionamento proibido e fazendo blitzes de alcoolemia. 

Quem estiver cansado e não quiser caminhar um quilômetro até o ponto de ônibus, zona azul, estacionamento ou ponto de táxi, pode pegar um táxi triciclo entre os dias 28 e 30 de dezembro. Os equipamentos que normalmente ficam na Praça da Sé estarão disponíveis nestes dias no entorno da Arena Daniela Mercury, ao custo de R$ 5 a viagem. Para quem for de bicicleta, haverá paraciclos para guardar o modal. 

Os turistas contarão com uma mordomia especial. Eles poderão contar com transporte gratuito dos hoteis até a Arena Daniela Mercury entre os dias 28 de dezembro a 1º de janeiro. Isso será feito graças a uma parceria com a empresa Salvador Bus, que A primeira linha saindo do Centro Histórico, passando pelo Campo Grande, Barra, Ondina, Rio Vermelho, Amaralina, Pituba, Jardim de Alah, Armação e, por fim, na Boca do Rio. A outra linha tem saída de Stella Mares, passando pelos hotéis situados em Itapuã, Piatã, Patamares, Pituaçu e também Boca do Rio.

O prefeito ACM Neto pediu que as pessoas antecipem a chegada em relação ao ano passado.  Os portões da Arena estarão aberto dos dias 28 a 31 a partir das 16h e no dia 1º a partir da 15h. "A orla por si só é um local de fluxo muito grande. A gente pede que as pessoas priorizem o transporte público e cheguem mais cedo para que não haja uma grande concentração de muita gente no momento em que a festa está começando", resssaltou o prefeito  ACM Neto.  A Arena Daniela Mercury comporta mais de 500 mil pessoas por dia. 

Linhas de ônibus com itinerário a ser prolongado:

218 – Ribeira/Pituba; 

524 - Luis Anselmo/Pituba;

1538 - Conjunto Pirajá/Pituba;

1622 - Alto do Cabrito/Pituba;

1643 - Fazenda Coutos/Pituba;

1652 - São João do Cabrito/Pituba;

426 - Santa Mônica/Pituba;

207 – Massaranduba/Itaigara;

0422 - Pero Vaz/Itaigara;

0807 – Terminal da França/Pituba;

1220 - Mata Escura/Pituba;

1614 - Mirante de Periperi/Itaigara;

1645 - Alto de Santa Terezinha/Rio Sena/Pituba;

0324 - Marechal Rondon/Pituba;

0345 - Boa Vista de São Caetano/Pituba;

412 - Duque de Caxias/Pituba;

1114 – Pernambués/Pituba;

1207 - Tancredo Neves/Pituba;

1224 – Arenoso/Pituba;

1238 - Jardim Santo Inácio/Pituba;

1305 - Castelo Branco/Pituba;

1347 - Estação Pirajá/Pituba;

1356 - Nova Brasília/Pituba;

1420 - Boca da Mata/Pituba;

1436 - Cajazeiras 11/Pituba;

1470 - Faz Grande 4/3/2/Pituba;

1508 - Pirajá/Pituba;

1534 - Vista Alegre/Pituba;

1611 - Paripe/Pituba;

1616 - Plataforma/Pituba;

1634 - Alto de Coutos/Pituba;

1644 - Base Naval/São Tomé/Pituba;

1126 – Narandiba/Doron/Barra 2;

1320 - Pau da Lima/Nordeste;

1052 - Estação Mussurunga/Barra 2;

520 - Cosme de Farias/Vale dos Rios;

813 – Trobogy/Pituba;

1231 – Sussuarana/Barra 2;

1341 - Estação Pirajá/Barra 2;

1053 - Estação Mussurunga/Barra 3;

1018 - Alto do Coqueirinho/Campo Grande;

1034 - Parque São Cristóvão/Barroquinha;

1030 - Praia do Flamengo/Praça da Sé R1



***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas