Vereador do Recife usa 'Mamãe Falei' para defender castração química para homens

brasil
07.03.2022, 18:45:00
O vereador e Pastor Júnior Tércio (à esquerda) externou repúdio às falas do deputado estadual de São Paulo, Arthur do Val (à direita) (Daniel Robles/Reprodução)

Vereador do Recife usa 'Mamãe Falei' para defender castração química para homens

Para o pastor Júnior Tércio, não existe justificativa para o que Arthur do Val fez

O vereador do Recife e Pastor Júnior Tércio usou a tribuna da Câmara Municipal do Recife para externar o seu repúdio às falas do deputado estadual pelo estado de São Paulo, Arthur do Val, conhecido como Mamãe Falei em relação às mulheres ucranianas.

"Considero um verdadeiro desrespeito a essas mulheres que enfrentam momentos de terror, em meio a um conflito armado, que fragiliza e vulnerabiliza ainda mais as mulheres ucranianas, suas famílias e todo o povo ucraniano".

"A atitude do deputado foi repugnante, desumana, assim como sórdida porque não só atinge as mulheres ucranianas, que tiveram suas vidas destruídas por um conflito que não deram causa, mas por ferir todas as mulheres do mundo, já que dignidade e respeito são conceitos universais. Na minha opinião, homens que tratam mulheres como objetos deveriam passar por uma castração química porque é muita falta de humanidade", defendeu o vereador.

"O homem tem que proteger a mulher, podendo até dar a sua própria vida por ela".

Júnior Tércio disse que não existe justificativa para o que Arthur do Val fez.

"Não se admite que nem um adolescente que está em plena puberdade fale um absurdo desse tipo, quanto mais um parlamentar, eleito pelo povo e para defender os direitos da população. Mas, ele terá o recado dele nas urnas" , disse o pastor Júnior Tércio.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas