Vídeo aparenta mostrar míssil atingindo avião ucraniano, diz jornal

mundo
09.01.2020, 18:04:00
Atualizado: 09.01.2020, 18:23:11

Vídeo aparenta mostrar míssil atingindo avião ucraniano, diz jornal

The New York Times recebeu vídeo e confirmou sua veracidade

O jornal The New York Times divulgou nesta quinta-feira (9) um vídeo que aparenta mostrar o momento em que o avião ucraniano que caiu no Irã é atingido por um míssil. A versão de que a aeronave tenha caído depois de ser atingida por um míssil é a mais provável para a inteligência americana. 

O avião é atingido logo acima de Parand, perto do aeroporto de Teerã, a área em que o avião parou de transmitir sinais logo antes de cair, na quarta-feira. Morreram 176 pessoas no acidente.

Uma explosão pequena acontece quando o avião é atingido, mas a própria aeronave não explode, mostra o vídeo. Ela continua voando por vários minutos e tenta voltar para o aeroporto. Logo depois, contudo, acontece outra explosão e a queda, segundo mostram outros vídeos que o NYT confirmou autenticidade. 

Corpos de vítimas ainda não foram retirados (Foto: AFP)

Canadá
O premiê canadense Justin Trudeau afirmou hoje que várias fontes de inteligência indicavam que o avião caiu ao ser atingido por um míssil iraniano. Ele disse que pode ser que se trate de um caso acidental, mas é preciso fazer uma investigação completa.

"Temos inteligência de várias fontes, incluindo nossos aliados e nossa própria inteligência. As evidências indicam que o avião foi abatido por um míssil terra-ar iraniano. Pode ter sido não intencional", afirmou.

(Foto: AFP)

Ele disse que está em diálogo com a chancelaria do Irã, pois 63 dos 176 passageiros do avião eram canadenses. Centro e trinta e oito deles iam para o Canadá como destino final. Para Trudeau, é cedo para atribuir culpa e agora é o momento de ajudar as famílias das vítimas.

O premiê britânico Boris Johnson também falou no mesmo sentido. “Existe agora um conjunto de informações de que o voo foi abatido por um míssil terra-ar iraniano. Pode ter sido não intencional ", afirmou.

Trump
O presidente dos EUA, Donald Trump, também comentou hoje a possibilidade de um míssil ter derrubado o avião. Ele disse que "alguém pode ter cometido um erro do outro lado". 

"Não quero dizer isso porque outras pessoas têm suspeitas", diz. "Alguém pode ter cometido um erro do outro lado... não o nosso sistema. Não tem nada a ver conosco", garantiu, afirmando que tem um "pressentimento terrível" sobre a queda do avião.

Fontes da comunidade de inteligência dos EUA dizem ter bastante confiança de que o avião realmente foi derrubado por um míssel do Irã, analisando "dados de satélite", segundo o The New York Times. O sistema antimíssil iraniano muito possivelmente cometeu um engano e derrubou acidentelmente o avião, na visão das agências.

O Pentágono preferiu não comentar o assunto. 

"Impossível"
O chefe de aviação do Irã, Ali Hashem afirmou que é "cientificamente impossível e ilógico" que o avião tenha sido atacado por um míssil, segundo a BBC. Representante do governo também negou para a agência estatal iraniana, a Isna, a possibilidade, afirmando que se tratam de "rumores ilógicos".

"Havia vários voos domésticos e internacionais voando na mesma altitude de 8 mil pés (cerca de 2,4 mil metros), que não pode ser alcançada de jeito nenhum", disse Hashem.

A fonte ouvida pela BBC também diz que são rumores "não precisos" a informação de que o Irã se recusou a entregar a caixa-preta dos aviões aos EUA.  A Organização da Aviação Civil do país disse na quarta que não entregaria a caixa-preta, o que é violação das regras da Convenção Internacional de Aviação Civil, acordo do qual o Irã é signatário.

(Foto: AFP)

A companhia Ukrainian International Airlines divulgou comunicado ontem afirmando que era "mínima" a chance de erro humano. "O aeroporto de Teerã não é nada simples. Portanto, há vários anos a UIA utiliza esse aeroporto para realizar treinamento em aeronaves Boeing 737, com o objetivo de avaliar a proficiência e a capacidade dos pilotos de atuar em casos de emergência. Segundo nossos registros, a aeronave subiu até 2.400 metros. Dada a experiência da tripulação, a probabilidade de erro é mínima. Nem sequer consideramos essa chance", afirma.

Um relatório ainda inicial do Irã apontou hoje que o avião pegou fogo antes de cair. A Ucrânia, que também vai participar da investigação, afirmou que vai fazer buscas por um possível destroço de míssil. O secretário de Segurança Nacional e Defesa do país, Oleksiy Danilov, afirmou que os rumores indicam que fragmentos de um míssel Tor, fabricado pela Rússia, um sistema usado pelo Irã, foi achado no local da queda.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/guarda-municipal-identifica-e-investiga-agente-gravado-armado-no-furdunco-veja-video/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-de-carnaval-e-preciso-se-cuidar-para-aguentar-todos-os-dias-de-folia/
Chefe de reportagem Jorge Gauthier dá dicas para ficar atento à saúde
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rui-costa-se-nao-vai-ajudar-pelo-menos-me-deixe-trabalhar-em-paz/
Governador falou em "perseguição" do governo federal
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-de-carnaval-hoje-tem-o-ultimo-ensaio-do-cortejo-afro-no-pelourinho/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/confira-os-melhores-momentos-de-vitoria-0x0-freipaulistano/
Leão segue invicto em 2020 e na zona de classificação
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-de-carnaval-hoje-tem-furdunco-e-banho-de-mar-a-fantasia/
O chefe de reportagem Jorge Gauthier apresenta quadro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-de-carnaval-hoje-tem-fuzue-e-festa-no-mar/
O chefe de reportagem Jorge Gauthier apresenta quadro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/diretora-baiana-fala-sobre-nu-artistico-de-mulheres-com-mais-de-60-muito-amor/
No documentário Nuas e Cruas, Mariana Ayumi, 21, reflete sobre corpo, nudez e feminismo
Ler Mais