Vídeo mostra caminhão atropelando pessoas em ponto no Trobogy; veja

salvador
17.07.2018, 16:15:00
Atualizado: 18.07.2018, 12:28:03

Vídeo mostra caminhão atropelando pessoas em ponto no Trobogy; veja

Duas das seis pessoas atingidas morreram - uma no local e outro no hospital

Um vídeo de câmeras de segurança registrou o momento em que um caminhão invadiu um ponto de ônibus no Trobogy na manhã desta terça-feira (17) e atingiu seis pessoas que estavam no local - duas morreram. O motorista do veículo, que transporta entulhos mas estava vazio, entra na rua já descontrolado, sobe na calçada e atropela o grupo de pessoas no ponto. Ele só para dentro de um posto de combustível ao lado. 

A babá Vanessa Brito Santos, 28 anos, chegou a ser socorrida para o Hospital do Subúrbio de Salvador com múltiplas fraturas, mas morreu às 11h50 no centro cirúrgico da unidade de saúde. A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação do hospital. 

O motorista Maurício Santos Costa, que dirigia o caminhão envolvido no acidente que terminou com duas pessoas mortas e outras quatro feridas, na manhã desta terça-feira (17). afirmou que entrou em desespero depois que percebeu as pessoas caídas no chão. Ele prestou depoimento na 10ª Delegacia (Pau da Lima). 

"No momento que eu saí do caminhão, minha reação foi olhar para as vítimas que estavam no chão. Me deparei com aquela jovem debruçada no chão e o rapaz jogado. Ai eu me ajoelhei e comecei a orar. Perguntava: Senhor, por que está acontecendo isso? Conforta o coração dessas pessoas que estão machucadas. Foi a única coisa que lembrei naquele momento para Deus confortar cada um que estava ali naquele momento. Naquele momento eu não sabia que tenha realmente uma pessoa que tinha ido a óbito", afirmou Maurício.

Após depoimento, Maurício foi liberado. Ele dirigia um caminhão quando perdeu o controle da direção, subiu a calçada, invadiu um ponto de ônibus e só parou dentro de um posto de combustível. Segundo o delegado Antônio Fernando, titular da 10ªDP, o motorista responderá pelo acidente em liberdade. Ele foi autuado por homicídio culposo. “Ele estava trabalhando. Ninguém na situação dele sai de casa na intenção de matar alguém”, justificou o delegado. 

Além de Maurício, prestou depoimento também o ajudante dele, Adilson dos Santos.  

Roteiro
Maurício foi contratado para trabalhar como motorista na Dynâmica Locação de Máquinas e Equipamentos no dia 3 de julho deste mês.  Segundo ele, nesta terça-feira (17), ele chegou ao posto de trabalho, na Estrada Velha do Aeroporto, por volta das 6h10.  “Vinte minutos depois, saí e peguei meu ajudante numa praça em frente ao cemitério Bosque da Paz”, contou. 

Porteiro que ia trabalhar foi uma das vítimas fatais (Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)

Então, os dois seguiam um roteiro de coleta de entulhos, que seria iniciado na Avenida Paralela. Maurício dirigia o caminhão, de placa PKT 2922 (2017/2018), quando perdeu o controle da direção, subiu a calçada, invadiu um ponto de ônibus e só parou dentro de um posto de combustível. 

Carro
Testemunhas disseram que o motorista teria perdido o controle ao desviar de um ônibus, mas o ajudante dele apresentou uma outra versão. “Ele disse que o motorista foi desviar de um carro”, disse a delegada Ana Paula Ribeiro, que responsável pelos interrogatórios do motorista e o ajudante dele. 

(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)

Essa mesma versão foi repetida por Maurício. “Quando fiz a manobra para virar à esquerda, para subir uma inclinação, foi quando meu ajudante gritou: ‘Ó véio, cuidado aí, vira, vira (sic)’. Ele disse que foi um carro. Na hora, levei um susto, não consegui desfazer a manobra e perdi o controle”, contou Maurício. 

Maurício disse que não estava em alta velocidade. “Estava na terceira marcha, 40 km, ia reduzir para segunda marcha para completar a curva”, respondeu Maurício à delegada.  Ele acrescentou que não faz uso de medicamento controlados, que não usa drogas e que também não ingere bebida alcoólica. 

Segundo o delegado José Fernando, as perícias vão apontar as causas do acidente. “Embora o veículo é novo, acidentes podem acontecer. O caminhão tem tacógrafo (é um dispositivo empregado em veículos para monitorar o tempo de uso, a distância percorrida e a velocidade que desenvolveu) e a perícia do veículo apontará a velocidade e a causa do acidente”, disse o delegado. 


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/thiaguinho-chora-ao-cantar-musica-que-escreveu-para-fernanda-souza-veja/
Cantor começou a se emocionar durante a canção 'Deixa Tudo Como Está'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/dancarino-morre-e-outras-duas-pessoas-ficam-feridas-em-ataque-de-faccao/
Três homens e uma mulher em um carro atiraram contra moradores em São João do Cabrito
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/jovem-se-finge-de-gato-e-mia-embaixo-da-cama-para-nao-ser-achado-por-policiais/
Ele é suspeito de ter participado de um latrocínio em Fortaleza
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/do-cordel-a-escultura-leitores-fazem-homenagens-para-correio/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/homem-deixa-delegacia-e-volta-atacar-publico-lgbt-na-porta-de-unidade/
Na madrugada, Edson Macedo invadiu bar Caras e Bocas, destruiu local e agrediu clientes e artistas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/triste-sina-da-mulher-ketchup-8-anos-depois-erenildes-aguiar-enfrenta-depressao/
Sem a fama de antes, arrependida e com doença severa, Erenildes vive de remédios e trancada dentro de casa
Ler Mais