Vídeo mostra ocupantes de carro fugindo após atropelo de agente da Transalvador

salvador
28.04.2022, 13:30:00
(Reprodução)

Vídeo mostra ocupantes de carro fugindo após atropelo de agente da Transalvador

Eles não prestaram socorro e agente morreu; dono do carro acumula multas

O carro envolvido no atropelamento e morte do agente da Transalvador, Jailton Pereira do Nascimento, de 53 anos, na Paralela, já tem várias multas no nome do dono, segundo o superintendente Marcus Pessoa. Apesar dele já ter sido identificado, ainda não há confirmação de que o dono era o motorista que atropelou o agente e fugiu sem prestar socorro. Imagens de câmeras de segurança da região, divulgadas pela TV Bahia, mostram os ocupantes do veículo fugindo a pé depois do atropelamento.

"A gente tem histórico desse veículo, é um cidadão que não respeita nenhum tipo de lei com relação à velocidade no trânsito. Tem nos últimos meses cinco notificações de excesso de velocidade, sendo duas em Salvador e três na Região Metropolitana. Então mostra que ele não tem nenhum tipo de zelo nem segurança nas nossas vias", disse Pessoa, falando à TV Bahia. 

Testemunhas relataram que o carro estava em alta velocidade quando atingiu Jailton, que estava próximo a uma viatura da Transalvador iniciando sinalização para um trabalho na via. "Nosso veículo estava prestando apoio à Desal, na manutenção da passarela em frente ao Extra, ia iniciar na verdade essa operação, quando o veículo estacionou na primeira faixa do lado direito, com giroflex ligado e ia iniciar a canalização", explicou Pessoa. Jailton foi até a mala da viatura para retirar cones de sinalização. "Veio um veículo, conforme informação das pessoas do local e conforme a frenagem e impacto, o veículo veio em alta velocidade na faixa da direita e causou o acidente, atropelando nosso agente e impactando o fundo da nossa viatura".

A velocidade máxima de tráfego permitida na Avenida Paralela é 80 km/h. A perícia deve determinar com mais precisão a velocidade com que o carro trafegava e confirmar se estava realmente acima do limite.

(Foto: Reprodução)

"Um agente de 23 anos de casa, exemplar, respeitando sempre os padrões exigidos para canalização e segurança viária. Todo procedimento foi feito conforme o padrão, mas infelizmente um cidadão em alta velocidade, cortando pelo lado direito, não sei se não viu, ou pela velocidade não quis ver, aí impactou e tirou a vida de um agente de trânsito que tanto salva vidas em nossa cidade", lamentou Pessoa.

As informações de testemunhas são de que dois casais estavam no carro - a imagem mostra dois homens e uma mulher deixando o veículo, mas não a quarta pessoa.  "Saíram sem prestar nenhum  tipo de socorro ao nosso agente", reforça Pessoa, informando que o motorista será autuado pela Transalvador por essa omissão de socorro.  "A parte legal da autarquia foi feita. Estamos buscando as imagens. Do lado tem uma empresa que tem câmeras voltadas para  via, a gente já solicitou. A própria Polícia Civil também. O carro foi recolhido para o pátio. Foi feita perícia no local. Agora é aguardar o cidadão, ou quem seja, se apresentar para retirar o veículo", acrescenta. 

Nas redes sociais, o prefeito Bruno Reis lamentou a morte do agente. "Toda solidariedade para a família de Jailton Pereira, nosso agente de trânsito que faleceu durante uma operação na Av. Paralela. Espero que a justiça seja feita e o motorista responsável pelo acidente seja responsabilizado", escreveu nas redes sociais.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas