Vitória abre a Copa do Brasil com missão de evoluir na defesa

e.c. vitória
09.03.2021, 05:10:00
Goleiro Yuri é o titular do Vitória na temporada 2021 (Letícia Martins / ECVitória)

Vitória abre a Copa do Brasil com missão de evoluir na defesa

Rubro-negro teve o gol vazado nos três confrontos fora de casa desta temporada e joga por empate contra o Águia Negra

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Basta que a rede do Vitória não seja estufada para seguir adiante na Copa do Brasil. A rodada de estreia do torneio nacional é disputada em jogo único e dá a vantagem do empate ao rubro-negro, que visita o Águia Negra, às 19h15 desta terça-feira (9), no estádio Ninho da Águia, na cidade de Rio Brilhante, no Mato Grosso do Sul. É a partida de abertura da competição.

“É um jogo que não permite vacilos, um jogo de detalhes. É preciso estar atento do primeiro ao último minuto, focado, colocar nossa intensidade e ficar ligado para voltar com o resultado positivo”, analisa o atacante Vico.

Para não ser eliminado na estreia, o Vitória precisa corrigir erros recentes. O Leão disputou apenas quatro jogos nesta temporada e já sofreu sete gols, uma  média é de quase dois por partida (1,75). A defesa passou em branco só uma vez, no triunfo por 2x0 diante do Santa Cruz, pela estreia na Copa do Nordeste, no Barradão. Foi também o único compromisso do time como mandante.

Nos três jogos que fez como visitante, o Vitória sofreu gols e apenas em um deles comemorou ao apito final. Venceu o Atlético de virada por 2x1  pelo Campeonato Baiano, no estádio Carneirão, em Alagoinhas.  O adversário saiu na frente aos nove minutos do 1º tempo quando o meia Miller chutou da entrada da área, após jogada pela esquerda do ataque.

O gol do Atlético de Alagoinhas foi o único sofrido pelo Vitória na etapa inicial. Os outros seis aconteceram no 2º tempo, e um detalhe chama atenção: três deles saíram após os 40 minutos, o que mostra que o time precisa reforçar a atenção nos momentos finais do jogo.

Na estreia do estadual, o rubro-negro vencia o Unirb, no estádio Carneirão, em Alagoinhas, até os 47 minutos, quando Du Paraíba chutou cruzado, pela direita da grande área, e empatou em 3x3. Antes, o atacante já havia investido pelo mesmo lado do campo e chutado em cima de Leocovick, que marcou contra.

Problema recorrente no ano passado, a bola parada adversária só resultou em gol uma vez, quando o Unirb abriu o placar após cobrança de falta que o zagueiro Dedé marcou de cabeça. 

No último sábado, os erros do Vitória foram diante o Ceará. O Leão empatava o jogo, no estádio Castelão, em Fortaleza, até os 43 minutos do 2º tempo, quando permitiu que os donos da casa vencessem por 3x1. Saulo Mineiro balançou a rede duas vezes, aos 47 também, e determinou o placar.

“O jogo é no detalhe. O Ceará foi detalhista, chegou três vezes, teve três grandes chances e aproveitou. A gente chegou mais vezes que eles, mas não tivemos aproveitamento”, recorda Vico. “O jogo da Copa do Brasil é mais delicado, que é um jogo só de ida. A gente tem que estar esperto para quando chegar, matar e voltar com o resultado positivo de lá”, projeta.

A classificação na Copa do Brasil vale muito e não apenas dentro de campo. Se passar do Águia Negra, R$ 675 mil estarão garantidos ao clube - que já tem R$ 560 mil certos por disputar a primeira fase. O adversário sairá de Rio Branco-ES x Sampaio Corrêa.

Adversário
Atual bicampeão estadual, o Águia Negra começou 2021 com dois empates nos dois jogos que disputou na temporada: 1x1 contra Operário e Aquidauanense, ambos no Ninho da Águia, onde enfrentará o Vitória.

O time também foi mal na Copa Verde 2020, que só foi disputada neste ano por causa da pandemia. Caiu ainda primeira fase, goleado pelo Sinop-MT por 4x0, em janeiro. O técnico Rodrigo Cascca assumiu depois disso.

Apesar do oponente não ter expressão nacional, o regulamento da competição e um tropeço recente servem de alerta ao Vitória. Em 2019, o Leão perdeu por 2x0 para o Moto Club, no Maranhão, e foi eliminado na estreia. "A gente está indo com o intuito, sempre como a gente faz, dentro ou fora de casa, de buscar o resultado. Nesse jogo não vai ser diferente. Vamos para impor o nosso futebol", promete Vico.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas