Vitória diz ter 'negociações adiantadas' para jogar na Fonte Nova

e.c. vitória
02.07.2019, 13:25:00
Vitória planeja disputar jogos da Série B na Fonte Nova (Vaner Casaes / Ag. Bapress)

Vitória diz ter 'negociações adiantadas' para jogar na Fonte Nova

Informação foi postada pelo presidente do clube, Paulo Carneiro, nas redes sociais

O presidente do Vitória, Paulo Carneiro, usou as redes sociais nesta terça-feira (2) para informar aos torcedores rubro-negros que o clube está próximo de passar a mandar jogos na Fonte Nova. "Estamos muito próximos de usar o equipamento. Negociações adiantadas. Teremos ajustes no plano de sócios e outras novidades", postou o dirigente em sua conta pessoal no Twitter, à 0h53, sem dar mais detalhes.

O Vitória volta a entrar em campo no dia 9 de julho, às 19h15, contra o Cuiabá, na retomada da Série B. O jogo seguinte, contra o Criciúma, passou do dia 16 para 19. Ambos estão marcados no Barradão.

Também através do Twitter, Paulo Carneiro informou que pretende contratar no mínimo mais dois atletas. "Com enorme esforço estamos buscando a requalificação do nosso time. Ainda devem chegar mais dois ou três reforços. Que esse esforço seja distribuído aos torcedores e que haja um novo movimento forte de associação. Vamos virar este jogo", escreveu o presidente rubro-negro. Eleito no dia 24 de abril, ele já contratou 15 jogadores para o elenco. 

Paulo Carneiro também prometeu outras quatro contratações para a equipe sub-23 e a implantação de um novo programa no clube no ano que vem. "Trabalhando para 2019 e simultaneamente fortalecendo o sub-23 para em 2020 implantar nosso Programa de Coaching Desportivo. Ainda esta semana chegam quatro atletas. Assim que assinarem divulgaremos seus perfis", escreveu o dirigente no Twitter.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas