Vitória pega o River-PI, fora de casa, no primeiro jogo das quartas

e.c. vitória
29.03.2017, 06:13:00

Vitória pega o River-PI, fora de casa, no primeiro jogo das quartas

Argel terá a volta de Fred ao time, que entrará no lugar do suspenso Kanu

Em time que se ganha se mexe sim, ainda que seja por força de uma suspensão. Com o melhor aproveitamento entre os clubes da Série A, com 87%, o Vitória terá uma mudança forçada para a partida de nesta quarta-feira (28), às 19h15, contra o River-PI, no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina, pelas quartas de final da Copa do Nordeste.

Cleiton Xavier é o responsável pela criação das jogadas do Leão (Foto: Mauricia da Matta / EC Vitória)

Sem Kanu, que recebeu o terceiro cartão amarelo na partida contra o Sergipe, na última rodada da primeira fase, Argel terá que mexer no seu miolo de zaga. Bom que, ao menos, o treinador terá de volta seu antigo titular, Fred, recuperado de duas lesões, no joelho e na panturrilha.

Assim, o defensor vindo do Grêmio fará dupla com Alan Costa. “Fico feliz por estar voltando. Sei da responsabilidade, da importância do jogo para nós. Principalmente para o clube. Então a gente sabe da responsabilidade, da dificuldade que vai ser jogar fora de casa”, afirmou o zagueiro, que ficou quase um mês afastado dos gramados.

No entanto, em boa parte desse tempo, Fred realizou atividade na academia, o que minimizou a perda física. “Talvez não esteja 100% fisicamente, um pouquinho abaixo, mas é normal. A gente só vai condicionando com ritmo de jogo”, analisou.

Fred era titular absoluto quando se machucou. De fora, viu Alan Costa, que começou o ano mal, se estabilizar junto a Kanu. Agora, ele busca não sair mais do time. 

“Isso acirra ainda mais a disputa dentro do grupo, não só na zaga, mas em todas as posições. A gente sabe que é ruim machucar, acaba perdendo espaço. Eu, quando machuquei, estava em meu melhor momento, vinha crescendo, estava fazendo gols. Não sofrendo gols também, eu e Kanu estávamos tendo uma sequência. Depois Alan entrou na minha vaga, foi bem”, disse. O resto do time será o mesmo que vem jogando.

A partida de volta será disputada sábado, às 18h15, no Barradão. O regulamento é igual ao da Copa do Brasil, assim, o gol marcado fora de casa é critério de desempate. 

Fred confessou saber pouco do rival desta noite, mas imagina o que terá pela frente. “Sei que é um campo bastante pequeno, que fazem bastante pressão e que estão convocando a torcida para fazer, talvez, o resultado, e vir depois aqui com uma classificação encaminhada. Vão fazer do primeiro jogo uma guerra, a gente sabe disso”, acredita o zagueiro. Na 1ª fase, o River venceu Juazeirense e Sampaio Corrêa em casa e foi derrotado pelo Sport. Terminou em 2º no Grupo C, com 13 pontos, mesmo número do Leão, líder do E.

Desfalcado 

O rival do Leão conta com três desfalques para o jogo decisivo. Suspensos, o volante Amorim e o zagueiro Caíque desfalcam o time. Além deles, o também volante Amarildo, que vinha sendo titular no Campeonato Piauiense, não pode atuar pois já jogou pelo Botafogo da Paraíba na Copa do Nordeste.

Assim, a base da equipe piauiense vai ser a mesma que venceu a Juazeirense, com Allan Miguel no lugar de Caíque e Humberto na posição de Amorim. No banco, o técnico Eduardo Hungaro poderá ter o reforço do atacante Rafamar e dos meias Keninha e Fabiano, já regularizados.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas