Vitória procura meia para vaga de Jadson e planeja seis saídas em breve

e.c. vitória
06.05.2022, 15:43:00
Fábio Mota, presidente em exercício do Vitória (Victor Ferreira/EC Vitória)

Vitória procura meia para vaga de Jadson e planeja seis saídas em breve

Fábio Mota falou sobre dificuldade para contratar jogadores para a Série C

O meia Jadson foi anunciado pelo Vitória no fim do ano passado, com o status de maior contratação para a temporada. Mas o jogador não teve grande destaque nos três meses e meio em que defendeu o rubro-negro e, nesta semana, rescindiu seu contrato. Agora, o Leão busca um novo nome para a vaga.

A missão, porém, não tem sido fácil. É o que afirmou o presidente em exercício do clube, Fábio Mota, durante entrevista coletiva nesta sexta-feira (6). 

"Temos Gabriel Santiago, Miller, jogadores que chegaram para suprir isso. Existe uma ideia de que precisamos de mais um jogador para o meio-campo. Estamos sondando alguns nomes. Não é fácil trazer jogador para Série C. O jogador espera proposta da Série A e Série B", afirmou.

Recentemente, o clube contratou o goleiro Dalton e o zagueiro Danilo Cardoso. Os dois já estão regularizados e podem fazer suas respectivas estreias na próxima segunda-feira (9), contra a Aparecidense, fora de casa, pela 5ª rodada da Série C. O zagueiro Héctor Urrego também teve seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e está à disposição.

A reformulação no elenco, porém, não para por aí. Segundo Fábio Mota, o técnico Fabiano Soares e o executivo de futebol Rodrigo Pastana estão analisando outros atletas. Além de um meia, o clube pretende contratar mais um atacante.

"Quando Fabiano chegou, Rodrigo, se faz a avaliação do elenco. E eles nos passaram que precisariam de quatro contratações: um goleiro, que já está contratado, mais um zagueiro - até porque estamos com quatro zagueiros machucados. Os dois chegaram, e o Vitória continua no mercado. Não adianta trazer por trazer, temos que fazer com calma. E a gente espera anunciar mais duas contratações para Série C", comentou.

Saídas
Em meio às chegadas, o clube também planeja algumas saídas. Entre elas, está a do próprio Jadson, já confirmada. Outros nomes que devem deixar a Toca do Leão são o lateral esquerdo Salomão e o atacante Erik. Fábio Mota explicou o processo de enxugar o elenco, o qual classificou ser 'normal' quando um novo técnico é contratado.

"Todo treinador, quando chega, elenca jogadores com quem ele quer trabalhar. O restante não quer dizer que o Vitória vai dispensar, rescindir. Foi assim com Wagner [Lopes], com Dado, Geninho e tem sido assim com Fabiano. Não é perseguição, é a forma de trabalhar de cada treinador. Ele elencou com quem vai trabalhar. Não quer dizer que os outros com quem ele não esteja trabalhando não possam voltar ao clube", disse.

O zagueiro Carlos é mais um que deve mudar de ares em breve. O presidente em exercício do Leão confirmou que ele é um dos atletas preteridos por Fabiano Soares, e que há a busca por um novo clube para o jogador.

"Carlos é um patrimônio do clube, que tem contrato longo e vai continuar sendo jogador do Vitória. Na avaliação de Fabiano, ele não está dentro do elenco que tem prioridade para jogar. É melhor para Carlos e para o Vitória encontrar um outro clube para que ele possa jogar".

A meta, segundo Fábio, é de encaminhar seis saídas, sejam por rescisão ou empréstimo.

"A gente sabe que precisa tirar seis ou sete jogadores. Saíram Alisson Cassiano e Jadson. Pretendemos, em no máximo 10 dias, tirar mais cinco ou seis jogadores. Até porque o elenco ficou grande, também, com a subida de uma série de jogadores da base. Alguns deles precisam ser emprestados, ganhar experiência, para voltar. Isso não quer dizer que o Vitória está abrindo mão de jogador. Se não vai usar aqui, para o jogador, é melhor que ele jogue. É isso que estamos fazendo, tentando repassar seis jogadores, para atuar em outro local. Os que não são do Vitória, estamos negociando para fazer rescisão", explicou.

O presidente em exercício do Vitória, garantiu, porém, que não há jogadores trabalhando de forma separada do elenco. "Não tem treinamento em separado. Estão treinando no mesmo lugar, no mesmo espaço. Sabemos com quem vamos contar e com quem não vamos".

Confira outros trechos da entrevista coletiva de Fábio Mota:

Situação com Jadson
Vitória e Jadson chegaram a um acordo amigável, que permitiu que o jogador desse sequência a sua carreira em outro clube. Não teve mais nada. As negociações para a saída dele se deram depois do jogo contra o Fortaleza, Rodrigo não estava nem contratado pelo Vitória. Foi quando Jadson manifestou a ideia, estava com problemas particulares. A partir daí, nós conversamos e, na segunda-feira, selamos a saída dele, de comum acordo. Ele continua amigo do clube, e vice-versa

Dionísio
Desses jogadores que foram contratados, quem tem vínculo maior é Dionísio. Foi uma aposta que nós fizemos, de dois anos. E o Vitória tem 70% do passe dele. Miller e Thiaguinho vieram por empréstimo, e Hector, com passe livre.

Avaliação sobre Fabiano Soares
É muito cedo para fazer avaliação. Mas é evidente que começou com o pé direito, começou ganhando. A gente tem uma expectativa forte no trabalho de Rodrigo, de Fabiano, da comissão toda. Todo um planejamento que está sendo montado aqui. Não é só o treinador, ele é só uma peça. 

Eduardo
O Vitória tem 70% do passe de Eduardo. A gente vem negociando nesse sentido, tem dois anos de contrato ainda com Eduardo, ele tem esse ano inteiro e até junho de 2023 para renovar. A gente vem conversando com ele e com os empresários para tentar essa renovação.

Retorno de Luan Silva?
Chegamos a conversar com os empresários, acertamos tudo, salário, transição dele seria aqui. Infelizmente, ainda não aconteceu. O Vitória continua de portas abertas, Luan é um patrimônio do clube e a gente espera muito a recuperação dele. Entendemos que ele vai ajudar muito o Vitória, seja lá em qual época for. (...) Luan estava emprestado ao Palmeiras, que era responsável pelo jogador. Para que Luan seja apresentado pelo Vitória, o clube só pode aceitar se ele estiver apto para jogar. O Palmeiras e Luan estão tentando se entender. O passe é do Vitória e o clube aguarde que o Palmeiras devolva em perfeitas condições.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas