Vitória vence o CRB e deixa a zona de rebaixamento da Série B

e.c. vitória
18.08.2019, 18:21:00
Atualizado: 19.08.2019, 10:31:12
De pênalti, Felipe Gedoz garantiu o triunfo do Vitória por 1x0 contra o CRB (THALITA CHARGEL/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)

Vitória vence o CRB e deixa a zona de rebaixamento da Série B

Triunfo foi o primeiro do rubro-negro fora de casa na competição e o segundo na temporada

O Leão não se mostrou faminto. Fora de seu habitat, observou o adversário e se defendeu durante quase todo o jogo. A falta de criatividade foi compensada pela eficiência na marcação para garantir o resultado. Com gol de pênalti, o Vitória venceu o CRB por 1x0, neste domingo (18), no estádio Rei Pelé, em Maceió. 

O primeiro triunfo fora de casa na Série B do Campeonato Brasileiro tirou o rubro-negro da zona de rebaixamento após 12 rodadas seguidas dentro dela. Agora, o Vitória está na 16º posição, com 17 pontos. Apesar de ter a mesma pontuação de América-MG e Criciúma, 17º e 18º colocados, respectivamente, o rubro-negro leva vantagem por ter um triunfo a mais (5 contra 4). 

Pior visitante da Série B até o início da 16ª rodada, após dois empates e seis derrotas, o Vitória acabou com um jejum que durava quase sete meses. Antes de derrotar o CBR, o rubro-negro só havia vencido uma vez fora de casa na temporada, no dia 27 de janeiro, quando bateu o Jacobina por 2x1, no estádio José Rocha, em Jacobina, pelo Campeonato Baiano. 

O jogo
Dono da casa, o CRB se impôs durante quase toda a etapa inicial. O primeiro ataque perigoso da equipe alagoana foi registrado aos 16 minutos, quando Hugo Sanches cobrou falta e Martín Rodríguez começou a trabalhar pra valer dentro das quatro linhas. 

Na sequência, Daniel Borges serviu Felipe Ferreira, mas ele chutou para fora. Pouco tempo depois foi a vez de Hugo mandar por cima do gol rubro-negro.  

Coadjuvante em campo, o Vitória apenas se defendia e não levava perigo à meta do CRB, até que, aos 40 minutos, Jordy Caicedo invadiu a área e foi derrubado pelo goleiro Vinícius Silvestre. 

Pênalti marcado e convertido por Felipe Gedoz, aos 42 minutos. Goleiro para um lado, bola para o outro e marcador aberto no estádio Rei Pelé: 1x0 para o Vitória. 

Discreto durante quase toda a etapa inicial, o rubro-negro se animou com o gol e tentou ampliar. Aos 48, Jordy Caicedo saiu em velocidade e entrou na área, mas bateu em cima do goleiro Vinícius Silvestre. A bola sobrou para Felipe Gedoz, que cruzou para Anselmo Ramon, mas o centroavante falhou ao tentar de letra. 

À frente no marcador, o Vitória começou o segundo tempo pressionando o CRB. Wesley serviu Jordy Caicedo e o equatoriano invadiu a área adversária, mas mandou para fora. 

Depois, foi a vez da equipe alagoana investir contra a meta rubro-negra. Élton arriscou de longe e Martín Rodríguez precisou defender em dois tempos. O próprio Élton mandou outra vez de fora da área, mas sem dar tanto trabalho para o arqueiro do Vitória. 

Principal preocupação do CRB em campo, Jordy Caicedo levou o Vitória à meta rival outra vez ao puxar mais um contra-ataque. Entrou na área, só que bateu sem força e facilitou a vida do goleiro Vinícius. 

Na sequência, o protetor do gol alagoano teve um pouco mais de trabalho ao defender a bomba de Wesley. Nos acréscimos, o goleiro do CRB apareceu bem mais uma vez para impedir que Capa estufasse a rede para o Vitória. O lateral saiu em contra-ataque e bateu no ângulo, mas não conseguiu mudar o placar.   

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas