Walter é preso por mostrar arma a funcionário da Eletrobras

esportes
31.08.2018, 18:06:00
Atualizado: 31.08.2018, 18:42:42
Atualmente no CSA, Walter está se recuperando de uma lesão no joelho (Foto: Reprodução/Instagram )

Walter é preso por mostrar arma a funcionário da Eletrobras

Atacante do CSA foi conduzido para a delegacia e negou acusação

O atacante Walter, do CSA, foi preso na tarde desta sexta-feira (31), em Maceió, após sacar uma arma de brinquedo para um funcionário da Eletrobras. O caso ocorreu na casa do jogador, em Ponta Verde, em Maceió.

Na Central de Flagrantes, Walter explicou que o funcionário da Eletrobras havia ido cobrar uma conta de energia que não estava atrasada, e negou que tenha usado arma contra o homem.

"O que aconteceu foi um mal-entendido, sabe? Eu, com uma arma de brinquedo de casa, que tenho o comprovante que posso ir para qualquer lugar com ela. Nesse momento, o cara foi cortar a luz de casa e eu desci com essa arma. O cara pensou que eu tinha jurado ele, de alguma forma. Não foi isso o que aconteceu. Eu peço desculpas por tudo, o acidente, tudo. Não foi por mal. Quem me conhece, sabe. É isso aí. Foi um momento errado, uma hora errada.", explicou Walter ao site Globo Esporte Maceió.

Aos 29 anos, Walter não atua pelo CSA desde julho, quando sofreu uma lesão no joelho. Conhecido pelo problema com a balança, o atacante tem passagens por equipes como Internacional, Fluminense, Goiás e Porto.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas