Youtube poderá ficar fora do ar no Brasil por 24h

brasil
23.08.2012, 15:10:00
Atualizado: 23.08.2012, 15:12:16

Youtube poderá ficar fora do ar no Brasil por 24h

A determinação é da 56ª Zona Eleitoral de Santa Catarina contra vídeo que criou uma polêmica envolvendo os candidados à prefeitura de Balneário Camboriú

Da Redação

Por conta da não retirada de um vídeo do programa Jornal Diarinho, chamado 'MMA dos prefeituráveis, o Youtube poderá ficará fora do ar no Brasil por um período de 24h. O vídeo criou uma polêmica envolvendo os candidados à prefeitura de Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

Um dos candidatos, Edson Piriquito (PMDB) se sentiu ofendido com uma charge sua que aparece ao final do vídeo e com isso acionou judicialmente o Google, dono do Youtube. Com base na solicitação do candidato, a 56ª Zona Eleitoral de Santa Catarina determinou a retirada do vídeo, com risco que o site fique suspenso no Brasil por um dia e pagamento de multa de R$ 20 mil. Segundo informações da Revista Veja, o Google já recorreu a decisão.

A Justiça Eleitoral de Santa Catarina há cerca de 15 dias tentou tirar do ar o Facebook. A determinação foi feita pelo juiz Felipe Siegert Schuch, da 13ª Zona Eleitoral de Florianópolis, após a rede social não cumprir uma setença anterior que determinava a retirada de uma página que contia agressões a um vereador.

Neste caso, a justiça não prosseguiu com a determinação e suspendeu a ordem de bloquear o Facebook e a página que leva o nome de 'Reage Praia Mole' continua no ar com mais de 7 mil 'curtidas'.

Matéria original: iBahia
Youtube poderá ficar fora do ar no Brasil por 24h

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas