Youtuber disse que mentiu sobre sexo sem consentimento com a ex

brasil
28.07.2018, 19:32:00

Youtuber disse que mentiu sobre sexo sem consentimento com a ex

Participação dele em evento de mídias sociais foi cancelada após repercussão

Após viralizar nas redes sociais um vídeo no qual Everson Zoio conta ter feito sexo sem consentimento com a ex-namorada enquanto ela estava dormindo, o youtuber publicou neste sábado, 28, um vídeo de "esclarecimento" no YouTube e uma "nota oficial" no Instagram.

Leia a nota divulgada por Zoio:

Gostaria de esclarecer o fato sobre o suposto vídeo de sexo sem consentimento que esta circulando nas redes sociais.

O vídeo é antigo de 2016, e esta totalmente fora do contexto, no vídeo estávamos contando causos (piadas), e apesar de entender que foi uma brincadeira totalmente imatura e de mal gosto, o fato não existiu, foi uma forma totalmente errada de tentar ser engraçado, mas perdi o controle e a situação se tornou agressiva e constrangedora.

Não apoio nenhum tipo de violência e opressão contra mulheres ou qualquer pessoa, quem me conhece sabe que sou um cara simples de boa índole, nunca fiz mal pra ninguém e sempre estive do lado do bem.

Peço desculpas a todos que foram ofendidos, meus familiares, amigos, seguidores e as pessoas em geral.

Estou muito mal com a situação e abaixo segue o link do vídeo onde explico melhor tudo que aconteceu.


No vídeo que voltou a circular nas redes sociais nesta sexta-feira, 27, Everson conta o caso do sexo não consentido para três amigos, que dão risada da história e até aplaudem em certo momento. O youtuber conta que estava na cama com a então namorada e ela disse que "não ia rolar nada porque estava cansada". Entretanto, ele conta que, quando ela dormiu, ele tirou seu pijama e começou o ato sexual.

Em determinado momento, um dos amigos pergunta: "Ela não percebeu?", ao que Everson responde: "Não". O ato sexual prosseguiu, segundo o que Everson conta no vídeo, até que a moça acordou.

Após Everson Zoio se tornar um dos tópicos mais comentados do Twitter brasileiro nesta sexta, alguns perfis publicaram outro vídeo dele, de 2015, em que ele relata um caso semelhante, de uma moça que estava dormindo ao lado dele quando ele resolveu tirar o pijama dela e começar o ato sexual.



Com as críticas negativas, o Curitiba Social Mix, um evento com palestras e workshops com criadores de conteúdo e personalidades das redes sociais anunciou que cancelou a participação do youtuber no evento. "O Curitiba Social Mix repudia veementemente qualquer forma de violência às mulheres", informou no Twitter.

Everson afirma que está sendo muito prejudicado pela repercussão e que o relato de sexo sem consentimento foi inventado em 2015 e contado novamente em 2016. "Homem é assim mesmo, aumenta as coisas", diz o youtuber. "Mesmo sendo uma brincadeira e a história ser mentira, eu peguei pesado".

Saiba onde buscar ajuda se você foi vítima de violência sexual e/ou violência doméstica
Cedap (Centro Estadual Especializado em Diagnóstico, Assistência e Pesquisa) – Atendimento médico, odontológico, farmacêutico e psicossocial a pessoas vivendo com HIV/AIDS. Endereço: Rua Comendador José Alves Ferreira, nº240 – Fazenda Garcia. Telefone: 3116-8888. 

Cedeca (Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Yves de Roussan) – Oferece atendimento jurídico e psicossocial a crianças e adolescentes vítimas de violência. Endereço: Rua Gregório de Matos, nº 51, 2º andar – Pelourinho. Telefone: 3321-1543/5196. 

Cras (Centro de Referência de Assistência Social) – Atende famílias em situação de vulnerabilidade social. Telefone: 3115-9917 (Coordenação estadual) e 3202-2300 (Coordenação municipal) 

Creas (Centro de Referência Especializada de Assistência Social) – Atende pessoas em situação de violência ou de violação de direitos. Telefone: 3115-1568 (Coordenação Estadual) e 3176-4754 (Coordenação Municipal) 

Creasi (Centro de Referência Estadual de Atenção à Saúde do Idoso) – Oferece atendimento psicoterapêutico e de reabilitação a idosos. Endereço: Avenida ACM, s/n, Centro de Atenção à Saúde (Cas), Edifício Professor Doutor José Maria de Magalhães Neto – Iguatemi. Telefone: 3270-5730/5750. 

CRLV (Centro de Referência Loreta Valadares) – Promove atenção à mulher em situação de violenta, com atendimento jurídico, psicológico e social. Endereço: Praça Almirante Coelho Neto, nº1 – Barris, em frente a Delegacia do Idoso. Telefone: 3235-4268. 

Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) – Em Salvador, são duas: uma em Brotas, outra em Periperi. São delegacias que recebem denúncias de violência contra a mulher, a partir da Lei Marinha da Penha.

Deam Brotas – Rua Padre José Filgueiras, s/n – Engenho Velho de Brotas. Telefone: 3116-7000. 

Deam Periperi – Rua Doutor José de Almeida, Praça do Sol, s/n – Periperi. Telefone: 3117-8217. 

Deati (Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso) – Responsável por apurar denúncias de violência contra pessoas idosas. Endereço: Rua do Salete, nº 19 – Barris. Telefone: 3117-6080. 

Derca (Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente) Endereço: Rua Agripino Dórea, nº26 – Pitangueiras de Brotas. Telefone: 3116-2153. 

Delegacias Territoriais – São as delegacias de cada Área Integrada de Segurança Pública. Segundo a Polícia Civil, os estupros que não são cometidos em contextos domésticos devem ser registrados nessas unidades. Em Salvador, existem 16 (http://www.policiacivil.ba.gov.br/capital.html). 

Disque Denúncia – Serviços de denúncia que funcionam 24 horas por dia. No caso de crianças e adolescentes, o Departamento de Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos oferece o Disque 100. Já as mulheres são atendidas pelo Disque 180, da Secretaria de Políticas Para Mulheres da Presidência da República. Fundação Cidade Mãe – Órgão municipal, presta assistência a crianças em situação de risco. Endereço: Rua Prof. Aloísio de Carvalho – Engenho Velho de Brotas. 

Gedem (Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulher do Ministério Público do Estado da Bahia) – Atua na proteção e na defesa dos direitos das mulheres em situação de violência doméstica, familiar e de gênero. Endereço: Avenida Joana Angélica, nº 1312, sala 309 – Nazaré. Telefone: 3103-6407/6406/6424. 

Iperba (Instituto de Perinatologia da Bahia) – Maternidade localizada em Salvador que é referência no serviço de aborto legal no estado. Endereço: Rua Teixeira Barros, nº 72 – Brotas. Telefone: 3116-5215/5216.

Nudem (Núcleo Especializado na Defesa das Mulheres em Situação de Violência Doméstica e Familiar da Defensoria Pública do Estado) – Atendimento especializado para orientação jurídica, interposição e acompanhamento de medidas de proteção à mulher. Endereço: Rua Pedro Lessa, nº123 – Canela. Telefone: 3117-6935. 

Secretaria Estadual de Políticas Para Mulheres Endereço: Alameda dos Eucaliptos, nº 137 – Caminho das Árvores. Telefone: 3117-2815/2816. 

SPM (Superintendência Especial de Políticas para as Mulheres de Salvador) – Endereço: Avenida Sete de Setembro, Edifício Adolpho Basbaum, nº 202, 4º andar, Ladeira de São Bento. Telefone: 2108-7300. 

Serviço Viver – Serviço de atenção a pessoas em situação de violência sexual. Oferece atendimento social, médico, psicológico e acompanhamento jurídico às vítimas de violência sexual e às famílias. Endereço: Avenida Centenário, s/n, térreo do prédio do Instituto Médico Legal (IML) Telefone: 3117-6700. 

1ª Vara de Violência Doméstica e Familiar – Unidade judiciária especializada no julgamento dos processos envolvendo situações de violência doméstica e familiar contra a mulher, de acordo com a Lei Maria da Penha. Endereço: Rua Conselheiro Spínola, nº 77 – Barris. Telefone: 3328-1195/3329-5038.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas