Zé Vitor diz que tem perfil técnico e promete brigar por titularidade no Bahia

e.c. bahia
20.04.2022, 16:39:00
Zé Vitor chegou ao Bahia prometendo ajudar o clube a conquistar o acesso para a Série A (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Zé Vitor diz que tem perfil técnico e promete brigar por titularidade no Bahia

Zagueiro de 21 anos foi apresentado oficialmente nesta quarta-feira (20)

Reforço do Bahia para o sistema defensivo, o zagueiro Zé Vitor, de 21 anos, foi oficialmente apresentado na tarde desta quarta-feira (20), no CT Evaristo de Macedo. Um dos últimos atletas anunciados pelo Esquadrão para a disputa da Série B, ele aproveitou para apresentar as suas características e garantiu que vai ser uma opção técnica para Guto Ferreira. 

“Minhas características de jogo são o jogo apoiado desde lá de trás, sair jogando achando o passe por dentro, força, agilidade e o confronto aéreo”, iniciou ele.

No Bahia, Zé Vitor vai ter que encarar a concorrência se quiser conquistar uma vaga de titula. Depois de um início de ano instável, Ignácio se consolidou ao lado de Luiz Otávio no miolo de zaga. O elenco conta ainda com os zagueiros Henrique, Gabriel Xavier e Didi. Este último também foi contratado para a disputa da Série B.   

“Eu vou trabalhar, me doar ao máximo, mas sem passar por cima de ninguém para conquistar o meu espaço. Procurar dar muitos triunfos e alegrias para a torcida do Bahia”, afirmou.

Formado nas categorias de base do América-MG, Zé Vitor foi promovido ao time principal durante o Brasileirão do ano passado. Na atual temporada, ele fez apenas três jogos pelo Coelho, todos no Campeonato Mineiro. O destino do jogador, aliás, poderia ter sido bem longe de Salvador. Em março, ele chegou a viajar para os Emirados Árabes para assinar com o Khor Fakkan. 

Durante os exames médicos, uma lesão no menisco do zagueiro foi constatada e ele acabou reprovado. O jogador, no entanto, diz que repetiu os exames no Brasil e que nenhum problema foi apontado. Zé Vitor, inclusive, garante que está pronto para jogar contra o CSA, nesta sexta-feira (19), pela Série B, caso seja escolhido pelo técnico Guto Ferreira. 

“Eu cheguei a ir [para os Emirados Árabes], estava lá, mas no exame de imagem mostrou que eu estava com uma lesão no menisco. Mas eu nunca senti nada no joelho, nunca senti dor. Voltei para o Brasil, fiz exames aqui e deu tudo normal. Eu voltei a treinar, fiz a pré-temporada e está tudo certo”, explicou.

“Estou pronto, estou trabalhando desde o início do ano na pré-temporada. Comecei em outro clube e graças a Deus tive a oportunidade de vir para o Bahia, mas estou bem fisicamente”, completou o jogador, que já teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário da CBF (BID) e está disponível para estrear pelo tricolor.

Adaptação
Natural de Goiana, no interior de Pernambuco, Zé Vitor conta que já está se sentindo em casa no Bahia e que já conhecia alguns jogadores do atual elenco. De acordo com o jogador, o desafio agora é o de voltar a se acostumar com o forte calor baiano.  

“Eu já conhecia alguns jogadores, com um eu cheguei a treinar, que é o Luiz Henrique. Posso agradecer a todos pelas boas vindas, a recepção que eu tive no clube. Estou me adaptando, sou nordestino mas estava há três anos em Minas Gerais e não estava acostumado a tanto calor”, explicou.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas