Moradores que venderem credenciais serão excluídos no próximo Carnaval, diz Transalvador

Segundo a Transalvador, muitas credenciais apreendidas estavam sendo usadas por transporte clandestino

Publicado em 7 de fevereiro de 2016 às 12:49

- Atualizado há 10 meses

Os moradores dos circuitos oficiais do Carnaval deste ano que comercializarem as credenciais de acesso aos bairros de carros serão punidos. Segundo Fabrizzio Muller, titular da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), muitas credenciais apreendidas estavam sendo usadas por transporte clandestino e por vendedores na avenida Centenário.

"Nós apreendemos ontem muitas credenciais. É importante que as pessoas saibam que nós temos como identificar de onde saiu cada adesivo, de qual moradia partiu cada credencial. Os imóveis que estiveram envolvidos serão excluídos no próximo Carnaval", informou o superintendente.

Ainda de acordo com Fabrizio, a partir do ano que vem, a Transalvador pretende colocar obrigatoriedade no uso do adesivo já na quarta-feira - novo dia da abertura oficial do Carnaval de Salvador. 

* Com informações da repórter Clarissa Pacheco